Agencias viagem

Agencias viagem

Software de Gestão de Agências de Viagens

O Nonius é um software de gestão de agências de viagens que utiliza a tecnologia Oracle, garantia de velocidade, fiabilidade e segurança.

Desenvolvido para simplificar e automatizar processos de gestão – front office, middle office e back office –, o Nonius responde às necessidades de agências de viagens de qualquer dimensão.

De fácil implementação, gestão simplificada e interface intuitiva, a adaptação ao Nonius é rápida e permite a sua imediata rentabilização.

Muito versátil, o Nonius não necessita de uma instalação no posto de trabalho, podendo ser executado em qualquer ponto com acesso à web.

Desenvolvido pela Inforcerta, o Nonius é o software de agências de viagens mais utilizado em Portugal e Angola.

Source: http://www.nonius.com/


*****

Agencias viagem

Para poderem exercer a sua atividade, as agências de viagens devem:

• Estar inscritas no Registo Nacional de Viagens e Turismo (RNAVT). O Turismo de Portugal, IP, é o responsável por manter o RNAVT atualizado e publicar, no seu site, as irregularidades verificadas.

• Indicar a sua denominação, número de registo (caso exista) e localização da sua sede em todos os contratos, correspondência, publicações e publicidade.

• Dispor de livro de reclamações.

O que deve saber antes de viajar

A agência tem a obrigação de informar, por escrito ou por qualquer outra forma adequada, sobre a necessidade de documento de identificação civil, passaportes, vistos, e prazos legais para a respetiva obtenção, e formalidades sanitárias.

Caso a viagem se realize no território de Estados membros da União Europeia, ou do espaço económico europeu, a agência deve informar sobre a documentação exigida para a obtenção de assistência médica ou hospitalar em caso de acidente ou doença.

Na venda de uma viagem as agências devem entregar todos os documentos necessários para que esta transação se concretize. Deve ainda entregar documentação que mencione o objeto e características do serviço, data da prestação, preços e pagamentos já efetuados.

Viagens organizadas: regras a cumprir

As viagens organizadas incluem transporte e alojamento a um preço com tudo incluído. Ao comprar este produto, garanta que tem acesso à seguinte informação:

• Programas de viagens com nome, endereço e, caso exista, número de registo da agência; preço da viagem; percentagem do preço inicial a pagar, data de liquidação do remanescente e consequências da falta de pagamento; origem, itinerário e destino da viagem, períodos e datas da estadia; número mínimo de participantes de que dependa a realização da viagem e data limite para a notificação do cancelamento ao cliente, caso não se tenha atingido aquele número; transportes utilizados, datas, locais de partida e regresso e, quando possível, as horas; alojamento utilizado, localização e plano de refeições fornecidas; termos a observar pelo cliente em caso de reclamação pelo não cumprimento dos serviços acordados, incluindo, caso se apliquem, prazos e trâmites para o acionamento do Fundo de Garantia de Viagens e Turismo; visitas, excursões ou outros serviços incluídos no preço.

• Contrato com informações já referidas no programa de viagens e ainda os serviços pagos pelo cliente, de forma facultativa; e todas as exigências específicas acordadas entre cliente e agência. O contrato figurar num documento autónomo. A agência deve entregar cópia integral ao cliente, assinada por ambas as partes e acompanhada de cópia da apólice de seguro.

• Informações sobre a viagem, como horário, locais de escala e correspondências, bem como indicação do lugar atribuído ao cliente, quando possível; nome, endereço e número de telefone da representação local da agência; possibilidade de celebração de um contrato de assistência que cubra as despesas resultantes da rescisão pelo cliente e de um contrato de assistência que cubra as despesas de repatriamento em caso de acidente ou de doença; o modo de proceder no caso específico de doença ou acidente; a ocorrência de catástrofes naturais, epidemias, revoluções e situações semelhantes que se verifiquem no local de destino da viagem e das quais a agência tenha conhecimento ou que lhe tenham sido comunicadas; a possibilidade de rescisão de contrato.

• Alteração do preço, ainda que, na maioria das vezes, o preço, neste tipo de viagens, não seja suscetível de revisão. A agência só poderá alterar o preço até 20 dias seguidos antes da data prevista para a partida e se o contrato o previr expressamente e determinar as regras precisas de cálculo da alteração. Esta também terá de resultar apenas de variações no custo dos transportes ou do combustível, dos direitos, imposto, taxas cobráveis ou de flutuações cambiais.

• Impossibilidade de cumprimento da agência por motivos alheios à sua vontade. Neste caso, o cliente deve ser imediatamente informado. Se a impossibilidade respeitar a alguma obrigação essencial, o cliente pode rescindir o contrato sem qualquer penalização ou aceitar por escrito uma alteração ao contrato e eventual variação de preço. É imprescindível que o cliente comunique à agência a sua decisão no prazo de sete dias seguidos após a notificação da impossibilidade de cumprimento.

• Rescisão ou cancelamento não imputável ao cliente. O cliente tem o direito a ser imediatamente reembolsado de todas as quantias pagas caso: rescinda o contrato por alteração indevida do preço ou impossibilidade de cumprimento, por facto alheio à sua responsabilidade ou a agência cancele a viagem antes da data da partida. Em alternativa, poderá optar por participar numa outra viagem organizada, sendo reembolsado da eventual diferença de preço.

• Direito de rescisão pelo cliente. O cliente pode rescindir o contrato em qualquer altura, devendo a agência reembolsá-lo do montante já pago.

Onde reclamar

Existem entidades próprias para fazer as suas denúncias em caso de problemas, a saber:

• Provedor do Cliente das Agências de Viagens e Turismo: é uma instituição independente da APAVT (Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo) cuja função é defender e promover os direitos e interesses legítimos dos consumidores de serviços das agências de viagens de turismo associadas. As decisões do Provedor constituem fundamento, quando necessário, para o acionamento do Fundo de Garantia de Viagens e Turismo. Este Fundo permite aos clientes serem indemnizados por eventuais prejuízos decorrentes de incumprimentos. Qualquer cliente de uma agência de viagens, associada da APAVT, pode apresentar uma reclamação ao Provedor do Cliente no prazo máximo de 20 dias úteis após o fim da viagem. O Provedor do Cliente não resolve reclamações referentes a Agências de Viagens não associadas. O Provedor também não avalia reclamações que tenham sido feitas em simultâneo a outras entidades com poder de decisão, como a Comissão Arbitral do Turismo de Portugal, Centros de Arbitragem, tribunais judiciais ou ASAE. A reclamação poderá ser apresentada por escrito, através de correio (neste caso registado e com aviso de receção) ou de e-mail. Deverá conter o nome, morada e outros dados de identificação e contacto do reclamante, a identificação da agência de viagens e operador turístico reclamados, data, local e programa da viagem e fundamentos da reclamação. Em alternativa, o cliente poderá preencher o formulário online constante do site do Provedor do Cliente. Site: www.provedorapavt.com

www.turismodeportugal.pt/Portugu%C3%AAs/Pages/Homepage.aspx

• Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE): autoridade administrativa nacional especializada no âmbito da segurança alimentar e da fiscalização económica. O site disponibiliza formulários específicos para apresentar queixas e denúncias, bem como ajuda no preenchimento correto do livro de reclamações. Site: www.asae.pt

Source: http://www.deco.proteste.pt/familia-vida-privada/ferias-lazer/dossie/agencias-de-viagem-e-turismo-ferias-sem-problemas


*****

Agencias viagem

Seu planejamento deve estar a todo vapor, não?

Se você já tomou aqueles cuidados básicos que comentamos no primeiro texto da série  e também já começou a decidir como fará para pesquisar o destino escolhido, agora é hora de pensar sobre qual agência contratar. Isso, claro, se você não decidiu fazer tudo por conta própria, o que também tem suas vantagens.

A contratação da agência  é um dos passos mais importantes do planejamento, isso por que o que mais precisamos é segurança e informações de pessoas experientes no assunto. Para evitar meter os pés pelas mãos, lembramos a vocês que essa etapa também exige cuidados básicos.

Crédito: coopercarga.com.br

Existe a melhor agência? Existe alguma que não tenha registro de reclamação de estudantes? Existe alguma que faça tudo como manda o figurino?

Todas essas perguntas têm uma única resposta: NÃO. Nada é perfeito nesse mundo, e por melhor que seja o serviço prestado, ninguém poderá garantir que durante o processo você não terá nenhuma insatisfação.

Diante disso, a nossa dica é: pesquise o máximo que puder antes de decidir pela agência e tenha em mente que quanto mais informação sobre o assunto e quanto mais interação com intercambistas que já passaram por essa fase você tiver, melhor! Dessa forma você poderá conversar com o agente “de igual para igual” e evitará muitas surpresas que os intercambistas desavisados costumam enfrentar.

No entanto, além das informações obtidas através do “boca a boca”, das ideias trocadas nos inúmeros grupos de discussões, das notícias sobre agências e intercâmbios, vale ainda dar uma olhada na Brazilian Educational & Language Travel Association (BELTA).

Se você ainda não conhece a  BELTA, precisa acessar o site já. Não apenas por ser uma instituição brasileira reconhecida no Brasil e no exterior, mas também pelo fato de ela ser responsável por uma das principais feiras anuais de intercâmbio brasileiras, a ExpoBelta.

Você pode estar se perguntando: então basta entrar no site da BELTA, acessar a  lista de agências  e escolher uma delas?

Não. Na verdade ela é apenas mais um instrumento para ajudar na sua escolha, já que, para constar como associada, a agência precisa cumprir certas exigências. Algumas delas são ter caráter de excelência no fornecimento de seus serviços e atuar dentro dos padrões exigidos pela associação.

Outro cuidado importante que pode evitar muita dor de cabeça é a busca por reclamações sobre a agência que você tem em mente. E é bom lembrar que essa dica vale para qualquer tipo de serviço adquirido em nosso país. Não custa nada e evita prejuízo.

Como foi dito lá em cima, a agência perfeita ainda está para nascer, então ter ideia do tipo de serviço que ela tem prestado, assim como as reclamações mais comuns a respeito dela já ajudam a evitar problemas futuros.

PROCON  e Reclame Aqui  também são buscas que devem ser consideradas, e não apenas para verificar casos envolvendo as agências, mas também para conhecer os principais erros cometidos pelas empresas que trabalham com intercâmbios, assim como tomar conhecimento de divergências comuns durante o período do contrato.

Além desses sites. recomenda-se também uma visita ao portal do Ministério do Turismo – Embratur. que sempre traz dados atualizados do setor de turismo dentro e fora do país.

Há algum tempo, convidamos uma Bacharel em Direito e pesquisadora da área de Direito Internacional, Márcia Patrícia Fritzen, para esclarecer alguns cuidados legais que podem ser adotados antes da contratação de uma agência de intercâmbio. Se você perdeu, vale dar uma lida antes de contratar uma agência .

Como o Brasil envia muitos estudantes ao exterior, não é de se admirar que o mercado de agências seja amplo. O que por um lado é bom, por outro pode gerar grande dúvida com relação a qual empresa contratar. Na dúvida sobre qual será a sua escolhida, parta para a eliminação.

Se a agência com a qual você simpatizou aparece de forma negativa na voz de estudantes que já contrataram o serviço, evite-as. Onde há fumaça há fogo.

Preços! É claro que uma viagem desse porte custa caro, mas devemos sempre lembrar que se tratando de educação vale mais a pena juntar mais grana em vez de investir em uma agência que ofereça ofertas irrecusáveis. Não existem milagres nesse tipo de mercado. E tenha certeza: o barato pode sair muito caro.

A agência não consegue responder às suas perguntas? Péssimo começo. Se o que buscamos numa agência é justamente ter a garantia de que estamos tomando as decisões mais acertadas, ela deve, por obrigação, deixá-lo o mais seguro possível sobre as suas escolhas. Mudaram as regras na Irlanda? A sua agência deve ser a primeira a saber, afinal, ela é a principal intermediadora entre você e a escola.

Compare!  Quem disse que você não pode negociar com várias agências ao mesmo tempo?  Eleja duas ou três, exponha as suas necessidades, deixe claro que está em contato com outras opções e compare o que as agências têm a oferecer. Se no meio do caminho a agência A ou B te apresentar informações desencontradas ou te deixar inseguro com relação ao serviço ofertado, elimine-a. Assim, no final ficará aquela que te transmitiu segurança e que melhor atendeu às suas expectativas.

Como já citamos no artigo anterior, contratar uma agência passa uma segurança a mais ao intercambista, isso por que, além da experiência dos empregados, as agências podem garantir também um maior conforto durante o intercâmbio.

Para onde ligar se o transfer não aparecer no aeroporto na sua chegada? Quem procurar em situações de imprevisto? E se no meio do caminho a escola contratada não passar na inspeção do governo?

Todas essas questões podem ser resolvidas de forma simples se você tiver assegurado por uma empresa e por um contrato no qual ela se responsabilize pelos serviços prestados. É importante pontuar que isso não significa que ao contratar uma agência você estará imune a qualquer problema, mas que você poderá driblar os empecilhos sem muitas dores de cabeça caso você tenha cuidado ao pesquisar as agências.

Isso é possível e pode ser muito vantajoso, já que sai mais barato. Principalmente se você já tiver um nível intermediário de inglês. Assim como as agências, as escolas também querem tê-lo como aluno e são bem pacientes com os futuros estudantes. Nos sites  das escolas é possível encontrar praticamente todas as informações, como tipos de cursos disponíveis, valores, duração, etc.

Será que a escola é realmente tudo isso que o site  mostra?

Com o fechamento de diversas escolas e a nova regulamentação anunciada pelo governo irlandês. que entrará em vigor em janeiro de 2015, muitos intercambistas ficaram receosos em relação às escolas. O fato é que, como já explicamos detalhadamente no post das perguntas mais frequentes  sobre o assunto, somente poderão emitir visto de estudo e trabalho a partir de 2015 escolas que tenham passado pela criteriosa avaliação do governo.

Para quem está fechando tudo até 31 de dezembro de 2014, ainda estão valendo as regras antigas, mas é bom ficar atento principalmente em relação ao ACELS, o atual órgão que atesta a qualidade e a estrutura das escolas de idiomas na Irlanda. Escolas que não possuam esse certificado  estarão correndo sérios riscos e poderão render dores de cabeça para os futuros intercambistas. Fique atento a todas as mudanças e pesquise muito antes de tomar qualquer decisão.

Para verificar se a instituição escolhida passou no teste de qualidade anual, que ainda é válido este ano, clique aqui .

Outra novidade bem comum na Irlanda é a equipe brasileira (Brazilian Team ) contratada pelas escolas para melhorar ainda mais o contato com o estudante brasileiro. Ou seja: a negociação poderá ser toda feita em português. Assim você terá contato com diferentes escolas  e poderá decidir por si qual delas se enquadra melhor nas suas necessidades.

Bom, decidiu se seguirá sozinho ou por conta própria? Agora é hora de pensar no curso! A opção é apenas o curso de inglês?

Este texto foi revisado por Camilla Gómez em Outubro/2014.

Source: http://www.e-dublin.com.br/planejando-a-sua-viagem-de-intercambio-2015-parte-ii-agencias/

21.05.2018

New

31 2015 mar

Agencia de viagem foz do iguaçu

Agencia de viagem foz do iguaçu Foz do Iguaçu - Ciudad del Este Local de Saída: Braço do Norte-SC Saída: 11/06/2015 Retorno: 14/06/2015 Braço do Norte-SC/...

02 2015 abr

Voe gol

Voe gol #2Michel Oliveira Postado 24 de outubro de 2014 - 16h26min Ola Jr Neves. Pode ser erro de programador, direcionamento errado e etc. www.baixaki.com.br/download/adwcleaner.htm...

21 2014 feb

Viagens low cost veneza

Viagens low cost veneza A Volotea já tem espaço na internet, permitindo a compra de passagens e a pesquisa dos seus serviços. Trata-se de uma...

Popular on-line

Qual é a diferença entre a classe turística e classe executiva?

Hoje em dia podemos encontrar bilhetes acessíveis  praticamente em qualquer companhia aérea do mundo. Por exemplo: para os estudantes ou reformados. Frequentemente as companhias têm disponíveis ... Saber mais...

Agencia de viagens tavares

Agencia de viagens tavaresNome do produtorHistória administrativaA Foto Sousa foi a primeira casa de fotografia a funcionar no concelho. Fundada em 1911, por Augusto Tavares de ... Saber mais...

Bilhete de avião tem iva

Bilhete de avião tem ivaTransfer e EstacionamentoCampanha de PublicidadeComo posso obter um recibo para o meu voo?O seu Itinerário de viagem ou Confirmação por e-mail é ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros