Compra avião

Compra avião

IGOR GIELOW

Sem alarde para evitar a repetição da polêmica que envolveu a compra do Aerolula, o governo negocia a aquisição de um avião maior e mais caro que poderá servir à presidente eleita, Dilma Rousseff, e a seus sucessores.

O Aerodilma, caso seja adquirido mesmo com o cenário de contenção de gastos do governo, deverá ser um aparelho europeu da Airbus um modelo de reabastecimento aéreo A330-MRTT, equipado com área VIP presidencial e assentos normais.

O avião custa até cinco vezes os US$ 56,7 milhões (R$ 98 milhões na sexta-feira) pagos em 2005 pelo Aerolula, um Airbus-A319 em versão executiva.

Justificar tal despesa seria complicado, como foi em 2005, e seria fonte certa de desgaste para Dilma, que até onde se sabe não foi informada sobre a ideia. Assim, juntou-se a fome com a vontade de comer, e a nova compra está sendo camuflada por uma necessidade real.

A FAB (Força Aérea Brasileira) precisa substituir seus dois aviões grandes de reabastecimento. São os antigos Sucatões presidenciais, versões com quase 50 anos de uso do vetusto Boeing-707.

Por falta de condições, foram excluídos do último grande exercício aéreo da Força Aérea Brasileira.

No fim da década, os militares estimam ter 150 caças, e reabastecimento é vital dadas as distâncias do país.

Como no caso dos Sucatões, o novo avião poderia cumprir a tarefa de reabastecimento e ser o aparelho de transporte intercontinental dos presidentes. Para viagens internas, o governo já usa dois Embraer-190.

Do lado da Presidência, segundo a Folha apurou, o problema é o Aerolula. O presidente Lula reclama da necessidade de paradas para reabastecimento do avião, que tem cerca de 8.500 km de autonomia o que não garante um voo tranquilo Brasília-Londres, por exemplo.

Não deixa de ser irônico, já que à época da compra do Aerolula uma das alegações para a aquisição do modelo europeu era que ele poderia fazer voos intercontinentais que os similares da Embraer não poderiam. Meia verdade: sua lista de destinos sem escala não é tão grande.

Já o A330-MRTT pode voar até 12,5 mil km sem reabastecer, podendo viajar sem escalas de Brasília a todas as capitais europeias e americanas. Não é comparável como produto com o Aerolula, modelo só de transporte VIP.

Na compra de cinco Airbus em 2008, a Austrália pagou quase US$ 300 milhões (R$ 519 milhões) a unidade. Os EUA chegaram a selecionar o modelo em uma concorrência que acabou suspensa, e pagariam algo como US$ 200 milhões (R$ 346 milhões) por avião. Mas cada venda é diferente. No caso americano, eram quase 200 aeronaves com especificações diferentes, o que dilui custos. Então, os preços citados são apenas referência.

Uma versão executiva do A330, sem ser avião-tanque, foi estreada neste mês pelo presidente francês Nicolas Sarkozy. Ganhou, além das críticas pelos R$ 400 milhões gastos, o apelido de “Air Sarkô” na França.

Em setembro, a FAB emitiu o pedido de propostas à fabricante EADS europeia (A330-MRTT), à Boeing americana (767) e para a israelense IAI (que adapta os 767). Não há previsão orçamentária, e verbas extras terão de ser aprovadas no Congresso.

O pedido requer duas aeronaves. Uma com capacidade de reabastecimento em voo, transporte de carga e de passageiros. A outra, tudo isso mais a previsão de uma área VIP -normalmente, uma suíte com chuveiro.

Segundo a Folha apurou, a Boeing não cogita participar da disputa enquanto não for definido qual avião será escolhido nos EUA, o 767 ou o A330. A IAI é vista sem grandes chances na FAB.

Sobram então os europeus. Procuradas, EADS e Boeing alegaram sigilo do pedido da Aeronáutica para não se manifestar. A IAI não respondeu ao contato. Oficialmente, a FAB apenas confirma que emitiu o pedido de propostas, e que até aqui só a EADS respondeu.

Se a compra ocorrer em 2011, estima-se que o primeiro avião seja integrado até 2014. O Aerodilma só voaria então no fim do mandato da presidente, deixando o apelido que carregaria após 2015 para especuladores.

FONTE. Folha de São Paulo / Via Notimp

Source: http://www.aereo.jor.br/2010/11/29/governo-negocia-compra-de-novo-aviao-presidencial/


*****

Compra avião

Lucas Hirata - O Estado de S. Paulo

24 Fevereiro 2015 | 10h 19

Em declaração a um jornal local, vice-presidente Jusuf Kalla diz que medida pode ser adotada após presidente do Brasil recusar credenciais de embaixador, em protesto contra ameaça de execução de traficante brasileiro

Caça da Embraer: Indonésia ameaça cancelar compra de 16 unidades

Relacionadas

O vice-presidente da Indonésia, Jusuf Kalla, afirmou que o governo está reavaliando as compras de 16 unidades dos caças brasileiros EMB-314 Super Tucano, de acordo com o jornal local Jakarta Post. Os comentários foram feitos após a presidente Dilma Rousseff decidir na semana passada não receber as credenciais do embaixador da Indonésia no Brasil, Toto Riyanto.

As ações da Embraer abriram em queda de 0,57% após a notícia.

O problema diplomático ocorre no momento em que o Brasil tenta negociar a transferência de Rodrigo Gularte, de 42 anos, preso por tráfico de drogas e condenado à morte para um hospital psiquiátrico.

A confusão diplomática entre o Brasil e a Indonésia começou porque a presidente Dilma Rousseff havia feito um apelo ao governo do país asiático para que suspendesse a execução de brasileiros condenados por tráfico de drogas.

No mês passado Marcos Archer foi fuzilado sem que os apelos do Brasil fossem levados em conta. O governo reiterou o pedido de perdão para Rodrigo Gularte, alegando que ele precisa ser transferido para um hospital psiquiátrico. A lei da Indonésia determina que os condenados tenham plena consciência de seu crime e da punição, antes de serem executados.

De acordo com o jornal Jakarta Post, o comandante-geral do Exército da Indonésia, Moeldoko, se recusou a comentar o tema, mas afirmou que não permitirá que questões políticas intervenham na cooperação militar entre os dois países, embora a aproximação dependa de decisões governamentais.

Moeldoko acrescentou que, apesar de os laços militares entre os dois países permanecerem em vigor, o Exército sempre estará pronto para defender a soberania da Indonésia.

Source: http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,indonesia-ameaca-cancelar-compra-de-avioes-da-embraer-em-represalia-a-dilma,1638793


*****

Compra avião

A Coreia do Norte aumentou em cerca de 10 mil soldados o número de efectivos na força aérea e comprou 230 aviões de combate, anunciou hoje o Ministério da Defesa de Seul, Coreia do Sul.

Segundo os dados divulgados hoje pelas autoridades sul-coreanas, o exército da Coreia do Norte tinha, no final de 2013, 1,19 milhões de efectivos, noticia a agência EFE.

De acordo com as explicações de um porta-voz sul-coreano a uma agência local, não terá havido alterações no volume total de efectivos militares da Coreia do Norte, embora tenham sido transferidas unidades para a força aérea.

O exército norte-coreano também aumentou em 230 o número de aviões, chegando aos 1.580, contando ainda com cerca de 810 navios, a maior parte pequenos.

A Coreia do Norte dispõe ainda, de acordo com os mesmos dados, de mil mísseis balísticos, com os quais tem feito, nos últimos meses, vários ensaios de lançamento.

Source: http://www.sol.pt/noticia/120996

18.08.2018

New

31 2015 mar

Tap passagens aereas

Tap passagens aereas Voo Belo Horizonte-Confins - Lisboa Belo Horizonte (CNF) possui várias ligações diárias para Lisboa (LIS). onde há uma...

02 2015 abr

Viagens europa

Viagens europa Atualmente, quem tem pretensão em conhecer a Europa pode comemorar. Várias empresas de turismo estão facilitando a concretização desses sonhos. As empresas ainda oferecem vários...

21 2014 feb

Passagens aereas de volta em promoção

Passagens aereas de volta em promoção Até a próxima segunda-feira (25), a companhia aérea GOL está com uma oferta de passagens aéreas de...

Popular on-line

Voos baratos de madrugada

Voos baratos de madrugadaHome / Passagens Aéreas Promocionais / Viajar de Madrugada é Alternativa para Vôos BaratosQuer viajar de avião, mas acha que ... Saber mais...

As melhores ofertas de voos baratos de todas as companhias aéreas e também low cost estão aqui

Actualmente para qualquer potencial viajante, passou a existir uma possibilidade de adquirir passagens aéreas para qualquer voo com condições muito atractivas, sem sequer ... Saber mais...

Voos govolo

Voos govoloGovolo.ptApresentada em 18 de abril de 2012, por David Abreu Felino Carvalhão .Motivo da Reclamação: AtendimentoDurante o presente ano fiz 3 viagens ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros