Gestante viagem de avião

Gestante viagem de avião

Grávida pode viajar de avião? Quando é melhor ir? E na hora do check-in? Essas são algumas das mais frequentes dúvidas que as gestantes têm na hora de viajar durante os 9 meses de gravidez. Para ajudá-las, separamos aqui algumas das principais dicas de gravidez e viagem de avião para as futuras mamães voarem de forma tranquila e sem a preocupação do seu bebê correr algum risco.

Qualquer gestante pode viajar de avião?

A recomendação é que, desde que você não tenha nenhuma complicação médica – como sangramento de escape, diabetes, pressão alta –, não esteja grávida de mais de um bebê e não tenha histórico de partos prematuros anteriores, em geral não há problema viajar durante a gravidez. Alguns médicos indicam como o período mais seguro para a gestante viajar é entre o terceiro e o sétimo mês, pois antes disso o feto ainda está em formação. Em certos casos, na etapa final da gravidez, o voo só é mesmo permitido com a presença do médico junto da gestante.

Como ficar mais confortável durante o voo?

Existem algumas atividades que podem ajudar a grávida durante a viagem de avião. primeiramente reserve assentos no meio do avião, perto da asa, local em que há maior estabilidade durante o voo. Você pode escolher também um lugar no corredor, porque facilita as frequentes idas ao banheiro e para que você possa se levantar sem ter que incomodar ninguém. Por falar em se levantar, ficar sentada por muito tempo pode causar inchaço nos pés e tornozelos e até cãibra nas pernas, então estimule a circulação do sangue andando o máximo que puder pelo avião, mais ou menos a cada hora. Outra dica de exercício é esticar a perna, em pé ou sentada, puxar o calcanhar para fora e suavemente flexionar os pés para trabalhar os músculos da panturrilha.

Antes de voar. evite bebidas com ação diurética como café, chá e refrigerantes à base de cola e tome cuidado também com alimentos que causam gases, porque em altitudes elevadas eles se expandem e geram certo incômodo.

Dicas de viagens

Esclarecidas as maiores dúvidas sobre o tema, separamos outras dicas para a mulher grávida aproveitar ao máximo sua viagem de avião:

- Evite o estresse – Com um pouco de planejamento, você consegue reduzir a ansiedade e desfrutar da sua viagem de forma tranquila. Em primeiro lugar, reserve tudo o que puder antes, desde os assentos do avião até as refeições especiais e quartos de hotéis; sempre parta do princípio de que terá trânsito para chegar ao aeroporto e saia de casa com bastante antecedência; faça sempre malas leves, levando somente o que conseguir carregar. Se isso não for possível e realmente tiver que levar malas mais pesadas, use modelos com rodinhas ou então coloque-a em um carrinho assim que puder.

- Alimente-se bem – Nada de ficar sem comer durante os traslados, pois isso poderá a mulher grávida enjoada e com tontura durante a viagem. Por isso, antes de partir, inclua na mala de mão lanchinhos como barras de cereal, frutas secas ou bolachas salgadas, bem como uma garrafa de água para beber com frequência e evitar a desidratação.

-Escolha atividades seguras – Chegando ao seu destino. o indicado é evitar esportes de contato ou atividades que ofereçam risco de queda ou traumas. Mergulho e esportes envolvendo mudanças de pressão também não são recomendados devido ao risco de formação de bolhas de ar no sangue. Evite também banheiras de hidromassagem e banhos de ofurô muito quentes, assim como saunas, pois alguns estudos apontam que a elevação da temperatura no início da gravidez pode aumentar o risco de complicações.

Ficou mais tranquila para viajar? Tem mais alguma dica ou dúvida sobre gravidez e viagem de avião para compartilhar com a gente? Confira também mais informações em nossa página sobre gestantes no site da Gol. Comente abaixo!

Voe GOL

Tags: dúvidas, família, filhas, Filhos

8374 Comentários http%3A%2F%2Fblog.voegol.com.br%2Findex.php%2Fguia-do-viajante%2Fgravidez-dicas-de-viagem%2F Saiba+mais+sobre+viajar+de+avi%C3%A3o+gr%C3%A1vida 2014-08-29+21%3A33%3A33 Voe+GOL http%3A%2F%2Fblog.voegol.com.br%2F%3Fp%3D8374

Source: http://blog.voegol.com.br/index.php/guia-do-viajante/gravidez-dicas-de-viagem/


*****

Gestante viagem de avião

Partilhar:

Estás grávida e vais viajar em avião. Não sabes se deves levar um certificado médico. quais as restrições e normas aplicadas por cada companhia aérea, ou quantos dias deves tens que esperar para viajar depois do parto?

Pois não te preocupes! Nós investigámos por ti e reunimos neste artigo toda a informação que necessitas saber para viajar durante a gravidez com as principais companhias aéreas que operam em Portugal.

Voar durante a gravidez com a TAP-Portugal

Com a TAP as passageiras grávidas que não tenham complicações podem viajar até às 36 semanas de gestação ou até 4 semanas antes da data prevista para o parto. As grávidas de gémeos, sem complicações, podem viajar com a TAP até às 32 semanas de gestação.

Em ambos os casos, as futuras mães devem apresentar uma declaração médica a partir das 28 semanas, que certifique que a sua gravidez não tem complicações e que indique o tempo de gestação. Neste documento o médico deve também assegurar que a gravidez não a impede de viajar de avião.

Deve também pedir uma autorização prévia do médico TAP, nas seguintes situações: em casos de gravidez de risco e alto-risco, gravidez com complicações, gravidez simples com mais de 36 semanas, gravidez de gémeos com mais de 32 semanas, existência de dúvidas sobre o tempo de gestação e sobre a data prevista do parto, previsão de complicações no parto, risco de aborto ou aborto recente.

Voar durante a gravidez com a Ryanair

No caso de uma gravidez sem complicações, as mulheres grávidas estão obrigadas a apresentar um formulário do médico/ginecólogo, ou carta de “Apta para voar”, na qual se especifique que a passageira está em condições para viajar. Este formulário deve ser preenchido duas semanas antes do voo e apresentado em qualquer balcão da companhia aérea ou na porta de embarque.

No caso de uma gravidez sem complicações não podes voar fora dos seguintes períodos:

- Gravidez simples: não se permite viajar depois de finalizada a 36ª semana de gestação.

– Gravidez sem complicações de gémeos: não se permite viajar depois da 32ª semana de gestação.

Depois do parto, a mãe deverá esperar como mínumo 48 horas para voar, sempre e quando não tenha sofrido complicações ou uma intervenção cirúrgica durante o parto. No caso de que a mãe tenha sofrido uma operação ou se o parto foi realizado com cesariana, o período mínimo de tempo que deve passar antes de poder viajar é de 10 dias. Este período de tempo também deve ser submetido à aprovação de um médico.

Voar durante a gravidez com a easyJet 

Com a easyjet, e em caso de gravidez com um único feto, poderás viajar até ao final da semana 35. Se estás grávida de gémeos, apenas poderás viajar até ao final da semana 32. Se tiveres complicações durante a gravidez, deves consultar um médico antes de viajar.

Voar durante a gravidez com a Iberia

A Iberia não exige nenhum tipo de autorização específica antes das 28 semanas de gestação. A partir da 36ª semana (ou da 32ª se está grávida de gémeos e sem complicações) necessitas levar uma autorizaçao emitida previamente pelo teu médico ou pelo Serviço Médico da Iberia.

Com esta companhia aérea podes viajar uma semana depois do parto. Nos voos domésticos, com uma duração inferior a 5 horas, não está permitido viajar nos 7 dias anteriores e posteriores ao parto. Se necessitas viajar dentro deste período também deves pedir um certificado médico e uma autorização por parte dos Coordenadores de Assistência Especial da Iberia.

Em voos internacionais ou qualquer voo sobre o oceano/mar, não se recomenda a viagem de grávidas durante os 30 dias prévios à data prevista do parto, a não ser que a passageira tenha sido examinada por um médico obstetra dentro de um período de 48 horas antes da data de saída. Este especialista deverá certificar por escrito que a passageira se encontra estável para voar.

Se o voo se realiza nos 10 dias prévios à data prevista do parto (e se é uma conexão internacional), necessitas pedir uma autorização aos coordenadores de Assistência Especial da companhia. A mesma regra se aplica se a viagem se realiza nos 7 dias posteriores ao parto.

Voar durante a gravidez com a British Airways

Com a Bristish Airways as passageira grávidas podem voar até ao final da 36ª semana (se estiver grávida de um bebé). No caso de estar grávida de gémeos, pode viajar até à 32ª semana.

Depois da 28ª semana deve apresentar uma declaração do seu médico ou parteira (uma carta ou um atestado, para além do registo de gravidez), que confirme a data prevista para o parto e que certifique que não existem complicações na gravidez.

Voar durante a gravidez com a Transavia

Numa gravidez sem complicações, a futura mamã poderá voar até às 36 semanas sem a necessidade de apresentar nenhum atestado médico. A partir das 36 semanas de gravidez, não é permitido viajar de avião. Numa gravidez de gémeos só poderá voar até às 34 semanas.

Numa gravidez com complicações, é sempre exigido à passageira um atestado médico. Este atestado deve ser emitido até sete dias antes da data da partida. Neste caso, a passageira só poderá viajar até concluir as 34 semanas de gravidez.

Source: http://blog.edreams.pt/viajar-gravida-em-aviao/


*****

Gestante viagem de avião

Olá!!

Recebi emails de algumas leitoras que estão com seu pequeno milagre ainda na barriga! hehe. Para as nossas mamães grávidas, segue algumas dicas, já que viajar nessa fase é muito bom, tanto para descansar e se preparar para a vinda do bebê que será uma fase nova e diríamos, agitada!rs, como para fazer compras no exterior para o enxoval do bebê: Miami! O sonho de toda mãe, com os preços lá embaixo, ai que delícia! Vamos falar disso em um outro post!  :-) Pesquisei sobre o tema, e segue minha pesquisa compartilhando-a com vocês.

Grávida pode viajar de avião??

Sim! Viajar no primeiro ou no segundo semestre da gestação ( até 27 semanas ) não existe restrições, considerando uma gravidez tranquila e a autorização do seu obstetra.

A única restrição às gestantes quanto a viagens de avião diz respeito aos pequenos aviões sem pressurização. A pressão pode ser um problema, mas não existem evidências de que a pressurização da cabine do avião possa fazer mal ao bebê ou à gestante.

Se no primeiro trimestre a mulher tem muito enjôo, pode ser difícil enfrentar um vôo de longa duração.

O segundo trimestre geralmente é mais tranqüilo, um momento em que o período de enjôo já ficou pra trás e pode ser melhor, se possível, marcar a viagem para esse período. Nessa fase da gravidez, as chances de um aborto espontâneo são mínimas.

Entre as 28 e as 36 semanas, normalmente é possível viajar de avião, mas algumas companhias aéreas têm restrições, devido ao risco de um parto prematuro, por isso cheque antes a política da empresa em que pretende voar e, se for preciso, peça um atestado para seu médico. Saiba, porém, que em alguns casos, no finalzinho da gravidez, a partir de 36 semanas, o vôo só é mesmo permitido com a presença do próprio médico junto com a passageira no avião.

Não se esqueça de levar em conta com quantas semanas estará na hora de voltar para casa!

As restrições das empresas não devem ser os únicos fatores a se pensar. Lembre-se de que, em condições normais, não demora muito para qualquer pessoa se sentir extremamente desconfortável no assento de um avião. Agora imagine como vai ser com você de barrigão e tendo que levantar a toda hora para fazer xixi.

Algumas dicas se você decidir encarar uma viagem de avião:

– Avise seu médico se for viajar. Primeiro, porque ele pode se preparar para ajudar em caso de emergência. Segundo, porque o especialista peça exames antes, como ultrassom, para verificar se está tudo bem com você e o bebê;

– Leve, junto com o documento de identidade, a carteirinha do pré-natal. Lá estão os dados sobre o bebê e a idade gestacional;

– Se você tem enjoado na gestação, é bom ter a mão um antiemético receitado pelo seu obstetra;

– Se possível, reserve a poltrona do corredor, para você ter mais facilidade de se locomover até o banheiro, quando necessário;

– Viaje com roupas confortáveis;

– Mexa-se! Caminhe pelo corredor da aeronave de vez em quando para ativar a circulação e reduzir inchaço. Meias elásticas também ajudam;

– Beba bastante água.

– Procure não ficar muito tempo sem comer. E opte por alimentos leves e saudáveis;

– Se tiver assentos livres próximos a você, eleve um pouco as pernas;

– Fique com o cinto de segurança continuamente afivelado, para evitar que você se machuque no caso de turbulências;

– Evite bebidas gaseificadas antes de viajar. Com o aumento da altitude, o gás se expande no estômago e pode trazer desconfortos;

– A partir do sétimo mês, as empresas aéreas entendem que a mulher pode entrar em trabalho de parto a qualquer momento. Por isso, é preciso autorização médica para viajar;

– A partir da 36ª semana, evite voos longos. O desconforto pode ser grande demais;

Fonte: The American College of Obstetricians and Gynecologists (ACOG) e Fernando Moreira de Andrade, especializado em medicina fetal/Crescer/gestastes.net/Babycenter

Source: http://universodemae.com/2013/08/22/gravida-pode-viajar-de-aviao/


*****

Gestante viagem de avião

• Publicado em 06 de maio de 2011

Momento mágico aquele em que descobrimos que estamos grávidas! Mas para os casais viajantes, logo vem a pergunta: e agora? Dá para viajar?

Não só dá, como nos Estados Unidos, por exemplo, falamos de “ Babymoon ”,  uma Lua-de-Mel antes do bebê nascer e antes dos pais ficarem tão atarefados, que aí sim, a idéia de uma viagem se torna mais distante!

Isso tudo, claro, se não for uma gravidez de risco, se a grávida e o bebê estiverem em boa saúde! E sendo o caso, aproveitem logo a oportunidade, inclusive, a viagem se torna até mais especial, com lembranças diferentes!

O mais aconselhável é viajar no segundo trimestre de gravidez. já que no primeiro podemos ter muito enjôos…mas se você for daquelas sortudas que têm poucos sintomas, aproveite!

No segundo trimestre, normalmente você não sente mais enjôos, os riscos de aborto espontâneo são menores, a barriga já aparece, mas não incomoda tanto, não está pesada e você ainda pode aproveitar das filas de prioridades (pelo menos no Brasil)!

No terceiro trimestre. é aconselhável somente fazer pequenas viagens para perto e de carro .

As companhias aéreas têm regras claras para as grávidas, por isso, se informem antes de embarcar.

Na GOL. por exemplo, a partir da 27ª semana de gestação ( 6 meses ), a grávida deve preencher uma Declaração de Responsabilidade fornecida pela própria companhia, na hora do check in.

Entre a 28ª e 35ª semana de gestação ( 7 a 8 meses ), essa mesma Declaração deve ser preenchida, mas a grávida também deve apresentar um Atestado Médico autorizando a viagem em avião de Cabine Pressurizada. Dica : peça ao seu obstetra, vários atestados; você vai precisar tanto na ida, quanto na volta e caso seja um trajeto com mudanças de companhias aéreas. Normalmente, a companhia tira xerox desse atestado.

Se você precisar viajar de avião além desse prazo, entre a 36ª e 39ª semana de gestação ( 9 meses incompletos ), isso só pode ser feito na companhia do médico responsável. E aqui, não se trata mais de viagem de lazer…E depois das 40 semanas ( 9 meses completos ), a grávida não pode mais embarcar. salvo exceção e acompanhada do médico obstetra!

Pegando como exemplo a minha própria experiência, viajei para o Nordeste, aos 4 meses de gravidez: perfeito para viajar, tomar sol, água de côco e curtir as férias. Aos 6 meses de gravidez, também fui para Bariloche, boa época para pegar o avião, andar, passear, curtir as paisagens…Na Aerolineas Argentinas. me deram um travesseirinho para colocar entre a barriga e o cinto: “para su pancita”! Cada companhia tem as suas regras!

Já nesta segunda gravidez, fui para a Paris aos 7/8 meses de gravidez e devo confessar que as 11h de vôo foram bem mais desconfortáveis, a barriga estando maior…

Dicas para uma viagem de avião mais confortável:

- peça um lugar onde possa esticar as pernas (primeira fila logo após a executiva),

- tente ficar no corredor, se você for daquelas grávidas que vão muito ao banheiro,

- leve meias elásticas com alguma compressão, levante e ande de vez em quando para ativar a circulação sanguínea e evitar inchaços, e também evitar o aparecimento de varizes e trombose já que no avião os riscos são maiores.

- beba bastante água para se hidratar e conter os efeitos do ar seco do avião.

- parece óbvio, mas coloque roupas bem confortáveis, para não se sentir apertada. A posição sentada durante horas já é bastante incômoda.

- não esqueça de levar umas barras de cereais, biscoitos, alguma fruta…o avião pode atrasar ou pode bater uma fominha de grávida no meio do vôo!

- e claro, fale com o seu médico sobre os riscos, os medicamentos a tomar caso sejam necessários, e ande com os atestados e telefones de contato!

- MUITO IMPORTANTE: informe-se sobre a cobertura do seu SEGURO, que em geral, é diferente da cobertura normal!

Estas precauções tomadas, aproveitem este momento para fazer uma viagem única e romântica! E se não querem arriscar de avião, façam uma viagem de carro para alguma pousada por perto!

No exterior, vários hotéis fazem pacotes especiais para as grávidas. com diversos mimos, como massagens, palestras, cursos, kits hidratantes, jantar à luz de velas… Aqui no Brasil, as pousadas e Hotéis não fazem tanto isso. por isso #ficaadica para o setor hoteleiro !

E aproveitando a proximidade do Dia das Mães, queremos agradecer a visita de todos os casais leitores do blog, as mulheres já Mães e aquelas que estão por vir! Curtam muito o seu dia e os seus filhos!

Também estamos por aqui.

Source: http://viajandocompimpolhos.com/2011/05/06/gravidez-e-viagem-de-aviao/

21.11.2018

New

31 2015 mar

Pantanal linhas aereas

Pantanal linhas aereas Postado por flavio Agências terça-feira, setembro 6th, 2011 Viagem aérea é algo muito acessível hoje em dia, e muitas  das...

02 2015 abr

Be happy agencia de viagens

Be happy agencia de viagens Fundada em maio de 1996, por Jacqueline Dallal Mikahil, uma psicóloga apaixonada por viagens, a Be Happy...

21 2014 feb

Passagem aérea para salvador

Passagem aérea para salvador Conheça Salvador voando pela Azul com preços especiais para reservas antecipadas e com pacotes que incluem a passagem aérea...

Popular on-line

Voos baratos de madrugada

Voos baratos de madrugadaHome / Passagens Aéreas Promocionais / Viajar de Madrugada é Alternativa para Vôos BaratosQuer viajar de avião, mas acha que os preços ... Saber mais...

As melhores ofertas de voos baratos de todas as companhias aéreas e também low cost estão aqui

Actualmente para qualquer potencial viajante, passou a existir uma possibilidade de adquirir passagens aéreas para qualquer voo com condições muito atractivas, sem sequer precisar de ... Saber mais...

Imprimir bilhete electronico tap

Imprimir bilhete electronico tapTAP e CP unem forças e oferecem descontos aos passageirosFoi baptizado de “Rail & Fly Portugal” e celebra uma união de facto ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros