Regras para viajar de avião

Regras para viajar de avião

Para evitar contratempos, é preciso checar algumas exigências e taxas antes do embarque em vôos nacionais e internacionais

Foto: Getty Images

Viajar de avião é prático, rápido e, dependendo da promoção e da sorte, é também bastante econômico. Mas, para evitar imprevistos que impeçam ou atrasem a viagem, é importante investir todo o tempo economizado no trajeto em algumas precauções, atendendo às regulamentações e respeitando as regras.

O Terra reuniu algumas orientações fornecidas pela Associação Nacional de Aviação Civil (Anac), que de um modo geral atendem as principais dúvidas dos passageiros antes de entrar no avião rumo aos seus destinos. Drible o imprevisto e aproveite sua viagem com tranquilidade.

Mala cheia, bolso vazio

Quem viaja de avião habitualmente já está careca de saber que o excesso de bagagem sai caro e, por isso, escolher com critério cada pecinha de roupa que merece entrar na mala pode ser algo bem vantajoso.

É importante considerar também, especialmente em viagens turísticas, que a bagagem do retorno sempre é mais pesada, depois de tantos souvenirs, free shops, roupas e objetos comprados no local. Sendo assim, fique atento.

No caso de voos nacionais, o limite por bagagem despachada é um total de 23 quilos, que podem ser divididos em mais de um volume. Já para as bagagens de mão, o peso total não pode ultrapassar os cinco quilos e a soma do comprimento, largura e altura da bolsa não pode ser maior que 115 cm.

De acordo com a assessoria de imprensa da Anac, não há restrições com relação a liquidos e alimentos nas bagagens de mão para voos nacionais, mas vale lembrar que o bom senso nessa hora é algo positivo para todos.

Já para as viagens internacionais, a Anac tem uma recomendação básica que serve para os voos que saem do Brasil rumo ao exterior, mas, na volta, o passageiro deve se informar com a empresa aérea sobre as especificidades locais.

O sistema de franquia poderá variar entre duas opções, peça ou peso, dependendo do país de destino. Na franquia por peça, o passageiro pode levar duas bagagens, de até 32 quilos. Já no sistema por peso, a bagagem não pode exceder 40 quilos na primeira classe; 30 quilos na classe intermediária; 20 na econômica e 10 para crianças de colo que não ocupam assento.

Quanto à bagagem de mão, o sistema também poderá variar da mesma maneira. Por peça, assim como nos voos nacionais, a soma das dimensões não pode ser maior do que 115 cm. Já o sistema por peso deve ser avaliado diretamente com a empresa área, pois varia de acordo com o país de destino.

Outra grande diferença entre os voos nacionais e internacionais é que, para este último, há uma série de restrições quanto ao transporte de líquidos na parte de cima da aeronave. De acordo com o site da Anac, até mesmo substâncias em gel, pasta, creme, aerossol e similares podem passar pelo crivo da companhia aérea na hora de embarcar.

Quem quiser encarar o desafio, terá que colocar o líquido em um frasco de no máximo 100 ml, envolvido com plástico transparente, vedado, com capacidade máxima de um litro e não excedendo as dimensões de 20 x 20 cm. Cada passageiro tem direito de levar apenas uma embalagem plástica, que deve ser apresentada no momento do embarque.

Estão liberados alimentos e bebidas de dietas especiais ou destinados à alimentação de bebês, assim como remédios com prescrição. Mas lembre-se de apresentá-los no momento da inspeção.

Para evitar conflitos, vale sempre consultar a empresa aérea sobre o sistema de bagagem de mão adotado no país de destino. Além disso, lembre-se também de tirar todas as dúvidas sobre taxas de sobrepeso, pois ela pode variar entre uma companhia e outra e, o que é pior, pegar o passageiro desprevenido.

A Gol Linhas Aéreas, por exemplo, cobra 0,5% da tarifa econômica para voos domésticos ou 1% da tarifa econômica normal de ida para voos internacionais, por quilo em excesso.

Objetos de valor

Um detalhe importante que muitas vezes passa despercebido é a forma como objetos de valores são transportados. Algumas pessoas preferem despachá-los, mas para alguns casos é mais seguro que o passageiro concentre-os na bagagem de mão.

A Gol sugere aos clientes que mantenham objetos como dinheiro, papéis negociáveis, documentos, remédios, chaves, celulares, máquinas fotográficas, laptops, palms e outros na parte de cima da aeronave.

Caso o passageiro prefira despachar objetos de valor, como peças de arte ou instrumentos, a recomendação da Anac é que ele os declare à companhia. Embora a prática não seja obrigatória, o cliente não terá problemas para comprovar que é o verdadeiro dono no caso de furtos ou extravios.

A empresa aérea também tem o direito de verificar o conteúdo destes volumes e até mesmo cobrar um valor adicional sobre eles, então, não se sinta desrespeitado se isso acontecer.

Os pets também voam

O transporte de bichinhos de estimação é cobrado à parte e exige uma série de exigências, portanto, é preciso contatar a empresa área o quanto antes para garantir que seu animalzinho viaje com segurança e conforto.

Bagagem em apuros

No caso de extravio ou bagagem danificada, é preciso procurar a empresa aérea o mais rápido possível, ou até mesmo na própria sala de embarque. Para facilitar este processo, mantenha o seu comprovante de despache da bagagem em mãos.

Já para o caso de furto, comunique a empresa por escrito e, se possível, registre também uma ocorrência na polícia.

Free shop, aqui vou eu

Quem viaja para fora geralmente quer aproveitar os preços baixos dos free shops. Estes líquidos são permitidos, desde que dispostos em embalagens plásticas seladas e com o recibo de compra à mostra, com a data do início do voo.

Dicas importantes:

Source: http://vidaeestilo.terra.com.br/turismo/bagagem-de-aviao-tire-suas-duvidas-e-evite-transtornos,2848392625237310VgnCLD100000bbcceb0aRCRD.html


*****

Regras para viajar de avião

Na maioria das companhias aéreas, as dimensões da bagagem de mão não devem exceder os 55 x 40 x 20 centímetros, e o peso variar entre os 8 e os 10 quilogramas.

No entanto, deverá sempre confirmar estes dados no website da companhia aérea em que vai viajar.

Adicionalmente, deverá ter sempre muita atenção às viagens em companhias aéreas low-cost, já que a sua grande maioria tem as suas próprias especificações, e normalmente são bastante rígidos nessa questão.

O problema, é que se o peso e as dimensões da bagagem de mão excederem os limites especificados terá de pagar uma taxa ou poderá ter de deixar a sua mala no aeroporto.

Por isso, veja de seguida com atenção as especificações de algumas das companhias aéreas low-cost:

  • Ryanair 55 x 40 x 20 centímetros e 10 quilogramas.
  • easyJet 56 x 45 x 25 centímetros e sem restrição de peso.
  • Flybe 50 x 35 x 23 centímetros e 10 quilogramas.
  • Transavia 55 x 35 x 25 centímetros e 10 quilogramas.
  • Jet2 56 x 45 x 25 centímetros e 10 quilogramas.
  • Wizz Air 55 x 40 x 20 centímetros e 10 quilogramas.
  • Germanwings 55 x 40 x 20 centímetros e 10 quilogramas.
  • TUIfly 1 mala de 55 x 40 x 20 centímetros e 6 quilogramas.

Claro que estes valores poderão variar consoante o tempo, por isso, sugerimos-lhe que verifique estes valores antecipadamente, junto da sua companhia aérea. Ainda assim, são boas referências, para que possa organizar antecipadamente o que pode levar.

Repare também, que para além destas limitações, e na maioria das companhias low-cost só se pode levar uma bagagem de mão por pessoa.

Na dúvida, opte por o fazer também.

Tenha também atenção às carteiras de senhora que poderão são consideradas como bagagem de mão. Se levar uma consigo, assegure-se que deixa espaço na bagagem de mão para a guardar lá antes de entrar no avião.

A easyJet. a empresa “low cost” preferida dos portugueses, resolveu permitir que cada cliente possa viajar com uma mala de cabine, mesmo nos voos mais movimentados. Para além da mala de 50 x 4 0 x 20 centímetros, poderá ainda levar uma mala ligeiramente maior, com uma dimensão máxima de 56 x 45 x 25 centímetros, incluindo as pegas e as rodas.

Esta mala será colocada ou no compartimento superior ou no lugar à frente. Tenha atenção que se se tratar de um voo mais movimentado esta mala poderá ir no porão.

A excepção está reservada aos titulares do cartão easyJet plus , FLEXI fare. clientes easyJet plus com lugar à frente ou espaço extra para as pernas. Podem continuar a trazer uma unidade de bagagem de cabine com dimensão máxima de 56 x 45 x 25 centímetros, sem preocupações de não caber.

Outra das companhias aéreas low cost muito populares, a Ryanair. só aceita estritamente um item de bagagem de mão por passageiro com peso até 10 quilogramas.

Todos os seus objectos, como pasta, câmara ou computador portátil, devem ser transportados na única peça de bagagem de mão permitida. Se a sua bagagem de mão exceder as dimensões permitidas será recusada na porta de embarque ou se ainda existir espaço colocada no porão do avião por uma taxa de 60 euros.

É possível ainda, se reservar um assento e pagar a respetiva taxa, transportar instrumentos musicais como uma violoncelo, guitarra, violino ou viola, que excedam as dimensões da bagagem de mão.

Depois de percebermos que dimensões e pesos poderemos levar, com particular atenção na EasyJet e na Ryanair. resta-nos saber que objetos poderemos levar. Sim, não é possível levar tudo que nos apetecer.

Pode levar objetos de higiene pessoal como: escova e pasta dos dentes, desodorizante, gel e espuma para o cabelo, entre outros.

No entanto, tudo o que for líquido ou em gel tem um limite máximo de 100 mililitros. E dentro da definição de líquidos estão incluídos os seguintes itens:

  • Bebidas como sopa e água, cremes, loções, batom, óleos e perfumes;
  • Sprays e recipientes sob pressão como desodorizantes, espuma para o cabelo e de barbear;
  • Pastas dos dentes e géis de banho;
  • Líquido de lentes de contacto.

Não se esqueça de ser muito rigoroso porque não costumam facilitar. Um perfume de 110 mililitros já não passa. O ideal para um perfume ou um champô será colocá-lo na bagagem do porão já que são items que não irá utilizar durante a viagem.

Todos estes produtos têm obrigatoriamente de ser colocados num único saco de plástico transparente, com as dimensões máximas de 20 x 20 centímetros.

Mas, atenção que este saco de plástico, para além de ter de obedecer a estas dimensões, deverá também seguir as seguintes regras:

  • Não deve exceder 1 litro de capacidade;
  • Deve estar completamente fechado;
  • Os itens devem caber dentro do saco de uma forma confortável, não devendo, portanto, o saco estar muito cheio;
  • Deve estar guardada na bagagem de mão num local de fácil acesso pois a maioria das vezes, nos pontos de verificação da bagagem, pedem para ver os itens guardados nesse saco.

Poderá levar também uma manta ou xaile consigo para uma viagem mais confortável, a sua máquina fotográfica e o seu computador portátil.

No entanto, este deverá ser retirado da mala ao passar nos pontos de verificação da bagagem de mão.

Pode levar consigo o seu secador de cabelo ou a prancha para alisar. Lembre-se que o melhor sítio deverá ser na bagagem do porão já que na mala que transporta consigo devem ir apenas os objetos de primeira necessidade.

A maioria das companhias aéreas também não se opõe ao transporte de plantas na bagagem de mão, desde que não exceda as dimensões máximas. Terá de ter muito cuidado em acondicionar a planta. Também deve ter em conta que quando viaja nos países da União Europeia ou para o exterior existem restrições ao transporte de espécies ameaçadas ou de produtos derivados das mesmas. Poderá precisar de uma autorização para transportar determinadas espécies.

Na bagagem de mão não poderá levar os seguintes artigos (embora alguns possa levar na bagagem de porão):

  • Artigos desportivos como taco de basebol e stick de hóquei;
  • Facas e qualquer tipo de instrumentos cortantes como tesouras;
  • Armas de fogo e munições;
  • Chaves de fendas e alicates;
  • Isqueiros, fósforos e outros objetos inflamáveis

Para uma viagem mais descansada e sem percalços, aconselhamos que leve adicionalmente consigo na sua bagagem de mão os seguintes itens:

  • Faturas da máquina fotográfica ou computador portátil que confirmem, no regresso a casa, que não foram comprados fora do país;
  • Se precisar de tomar algum medicamento durante o voo e por isso tem de o levar consigo, não se esqueça de levar também a respetiva receita médica.

Existem vários sites que o vão ajudar a descobrir quais são as companhias aéreas low-cost que fazem a rota que pretende para viajar. Um bom guia aérea é o guiadevooslowcost .

Partilhe connosco a sua opinião, com um comentário na caixa abaixo. Ficou esclarecido com este artigo? Adicionava alguma informação?

Source: http://guia-viagens.aeiou.pt/viagem-de-aviao-bagagem-de-mao/


*****

Regras para viajar de avião

Totens para check-in agilizam o processo, em especial para quem viaja sem bagagem.

São Paulo - Antes de viajar de avião, é aconselhável que os passageiros conheçam seus direitos, caso sofram com atrasos ou cancelamentos de voos. Mas é fundamental ter em mente que, assim como as companhias aéreas têm o dever de atenuar os problemas e ressarcir qualquer dano, o consumidor também tem o dever de cumprir algumas exigências das autoridades aeroportuárias a fim de fazer valer seus direitos.

Organizar-se para o dia do embarque pode, aliás, minimizar as confusões nos aeroportos e evitar maiores dores de cabeça. Conheça a seguir as regras de embarque e os deveres dos passageiros:

Check-in e embarque: evite filas

Saia cedo de casa. É dever do passageiro se apresentar no aeroporto para check-in com, no mínimo, uma hora de antecedência em voos domésticos e duas horas para voos internacionais ou mistos (com trechos domésticos). Caso haja atraso ou cancelamento do voo, será mais fácil para o passageiro reclamar seus direitos se tiver cumprido essa exigência. Não se preocupe com horário de verão ou fuso horário, pois os horários informados nos bilhetes se referem à hora local, tanto na origem quanto no destino.

Se a companhia aérea permitir o check-in pela internet ou por telefone, aproveite. Isso agiliza o atendimento no guichê para despachar a bagagem, e todo mundo sai ganhando. Algumas companhias contam também com totens e guichês de check-in voltados especialmente para passageiros que não tiverem bagagem para despachar. Após o check-in, dirija-se imediatamente ao portão de embarque.

Documentos: mantenha-os a mão para agilizar o embarque

- Voos domésticos: documentos originais com foto (RG, carteira de motorista, carteiras de entidades de classe como OAB e CREA, carteira de trabalho ou passaporte) ou suas fotocópias autenticadas, legíveis e com foto que permitam a identificação do passageiro.

- Voos internacionais: passaporte original válido com visto, caso seja exigido, ou documento legal de viagem aceito pelo país de destino (alguns países, como Argentina, Uruguai e Chile aceitam o documento de identidade brasileiro, sem necessidade de passaporte).

Crianças e adolescentes: pode ser necessário autorização

- Voos domésticos: além de RG original ou fotocópia autenticada, também vale como documento a certidão de nascimento. Crianças com mais de 12 anos podem viajar sozinhas ou acompanhadas de terceiros sem necessidade de autorização dos pais. Até essa idade, no entanto, é preciso estar acompanhada de pelo menos um dos pais. Caso a criança viaje sozinha ou com outro adulto, é requerida autorização judicial de ambos os pais.

- Voos internacionais: maiores de 12 anos só precisam de autorização dos pais para viajar caso não estejam acompanhados de um adulto. Menores de 12 anos acompanhados de apenas um dos pais precisam de autorização por escrito do outro pai, com firma reconhecida em cartório, para deixar o país. Caso esteja sozinho ou acompanhado de outro adulto, o menor de 12 anos precisa de autorização de ambos os pais.

Bagagem despachada: evite multas

Evite transportar bens de valor. Itens como joias ou eletroeletrônicos devem ser transportados, preferencialmente, na bagagem de mão. Se for inevitável despachar, é possível declarar o valor desses bens ainda no check-in, bastando solicitar o formulário à empresa aérea. Identifique a bagagem para facilitar sua visualização na esteira e evitar trocas. Nos voos domésticos, os limites de bagagem por passageiro são de 30 kg para a primeira classe e 23 kg para as demais classes. Em voos internacionais, os limites de peso e o número de malas variam de acordo com o país de destino e a companhia aérea, podendo chegar até duas malas de 32 kg cada uma. Excesso de bagagem será cobrado em até 0,5% do valor da passagem por quilo de excesso. A companhia pode também negar o transporte de bagagem acima do limite, ou decidir por transportá-la em outro voo.

Bagagem de mão: atenção às restrições

A soma da altura, do comprimento e da largura não pode ultrapassar 115 cm, e o peso máximo é de cinco quilos. Acima desses limites, a companhia aérea pode exigir que a bagagem seja despachada. Não é permitido levar a bordo objetos cortantes ou perfurantes como alicates, tesouras ou mesmo uma espátula de unha. Após serem identificados pelo raio-x, esses objetos deverão ser deixados no aeroporto.

Nos voos internacionais, as restrições são ainda maiores, pois não é permitido transportar grandes volumes de líquidos, géis ou pastas, como desodorantes líquidos ou pastas de dente. Só é permitido transportar, no máximo, 100 mL de cada substância na bagagem de mão, e todos os recipientes devem ser embalados separadamente para inspeção em um saco plástico de até 20 cm X 20 cm (1 litro). Tudo que for levado a mais deverá ser deixado no aeroporto. Perfumes, bebidas e outros líquidos comprados no free shop precisam estar embalados em sacola selada, acompanhados das notas fiscais.

Gestantes e bebês: tratamento especial

Gestantes, lactantes, bebês, pessoas acompanhadas de crianças de colo e crianças de até 12 anos que viajem desacompanhadas têm direito a atendimento especial. Para isso, é necessário avisar a companhia aérea pelo menos 48 horas antes do embarque. A primeira fileira de assentos da aeronave é reservada, prioritariamente, para crianças em berços, crianças desacompanhadas e passageiros acompanhados de cão guia. Alimentos de bebês, como papinhas e mamadeiras, bem como líquidos “especiais” (sopas, xaropes, soro etc.) podem ser transportados apenas na quantidade utilizada durante o voo e devem ser apresentados nas inspeções de bagagem de mão.

Animais domésticos: custo extra

As regras variam de acordo com a companhia. O animal deve ser transportado em contêiner específico para viagens, com disponibilidade de comida e água, e a necessidade de sedação fica a critério do veterinário. Se a soma do peso do animal e do contêiner não ultrapassar 15 kg, o despacho pode ser feito no check-in, mas o conjunto não será somado ao peso da bagagem. Já os animais de maior porte deverão ser despachados no terminal de carga. Nesse caso, a cobrança é feita por peso, e é importante ficar atento à antecedência para o despacho. Em ambas as situações, o animal é transportado no porão da aeronave. Há também companhias que permitem que animais de pequeno porte viajem com o passageiro ou dentro da cabine do piloto.

Source: http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/noticias/as-regras-para-quem-viaja-de-aviao


*****

Regras para viajar de avião

Bagagem de mão e bagagem de porão

Se fizer uma viagem de avião com partida de um aeroporto da UE. deve ter em mente determinados requisitos em matéria de segurança ao fazer as malas e no momento do embarque:

  • Os líquidos transportados na bagagem de mão (nomeadamente bebidas, pasta de dentes, cremes e gel) devem ser postos em recipientes individuais com uma capacidade máxima de 100 ml e ser transportados dentro de um saco de plástico transparente com uma capacidade máxima de 1 litro. Os recipientes com uma capacidade superior a 100 ml devem ser colocados na bagagem de porão. Estas restrições não se aplicam aos medicamentos nem aos alimentos para bebé.
  • Os líquidos comprados no aeroporto ou a bordo da aeronave (produtos «duty free») podem ser transportados na bagagem de mão, desde que o recipiente seja selado, no ato da compra e juntamente com o recibo, num saco inviolável (com contorno vermelho). Não pode abrir o saco inviolável até chegar ao destino final. Porém, os agentes de segurança poderão ter de abrir o saco inviolável para rastreio de segurança. Caso tenha um voo de ligação noutro aeroporto, informe o agente de segurança para que os seus líquidos possam ser novamente selados num novo saco inviolável.
  • Os passageiros não estão autorizados a transportar na cabina objetos cortantes que possam ser utilizados como arma. Esta regra aplica-se a objetos de uso quotidiano, como tesouras e saca-rolhas de uma certa dimensão, que devem ser colocados na bagagem de porão.
  • Os limites aplicáveis ao tamanho da bagagem de mão e ao número de artigos que pode transportar a bordo são estabelecidos pelas companhias aéreas, pelo que convém informar-se antes de viajar.
  • É proibido transportar artigos explosivos e inflamáveis (fogos de artifício, aerossóis, substâncias químicas e tóxicas, nomeadamente ácidos) quer na bagagem de mão, quer na de porão.
  • São proibidas a bordo armas de qualquer tipo.

Ver as regras sobre artigos proibidos na bagagem de mão e de porão.

Consulte a lista dos objetos proibidos na página Internet do aeroporto de partida ou informe-se junto da companhia aérea.

Por razões de segurança, todas as bagagens são submetidas a um controlo por raios X ou outro tipo de controlo antes de serem autorizadas nas zonas de segurança do aeroporto.

As portas da cabina de pilotagem estão sempre trancadas para impedir o acesso de pessoas não autorizadas.

Companhias aéreas proibidas na UE

Todas as companhias que operam voos a partir de ou para a UE devem cumprir determinadas normas de segurança. Algumas companhias aéreas operam em condições que não respeitam as normas de segurança europeias, podendo, por conseguinte:

  • ser proibidas de operar no espaço aéreo europeu
  • ser sujeitas a condições específicas para poderem operar no espaço aéreo europeu

Informe-se sobre as companhias aéreas proibidas na UE .

Legislação da UE

Source: http://europa.eu/youreurope/citizens/travel/safety/air-security/index_pt.htm

21.10.2018

New

31 2015 mar

Passagenm aerea

Passagenm aerea falandodeviagem Mensagens: 18407 Administrador Parcelamento de passagens aéreas na TAM Viajar é ótimo, mas é um investimento como qualquer outro. E para não pesar no orçamento a melhor...

02 2015 abr

Halcon viagens promoçoes

Halcon viagens promoçoes As Agências Halcon Viagens em Portugal oferecem um tablet para as férias. Reserve e viaje de 10 de Fevereiro a...

21 2014 feb

Voo barato paris lisboa

Voo barato paris lisboa Voo Lisboa - Orly A rota-de-voo entre o Aeroporto Internacional de Lisboa (LIS) e o Aeroporto de Paris-Orly (ORY) é uma...

Popular on-line

Aviao da gol

Aviao da golO Boeing 737-800 da empresa Gol caiu, nesta sexta-feira no Mato Grosso com 155 pessoas a bordo. Os integrantes da Forзa ... Saber mais...

Rainer voos

Rainer voosLuise Rainer. estrela da era de ouro de Hollywood, morreu nesta terça-feira (30.12) de pneumonia em sua casa, em Londres, aos 104 ... Saber mais...

Voo barato para italia

Voo barato para italiaEscolha jб o seu voo barato para viajar atй ItбliaItбlia, um dos principais destinos turнsticos do planeta, reъne um nъmero ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros