Cias aereas internacionais

Cias aereas internacionais

Caracas, 11 out (Lusa) -- A dнvida da Venezuela аs companhias aйreas internacionais, incluindo a portuguesa TAP, ascende a 3.500 milhхes de dуlares (cerca de 2.770 milhхes de euros), disse hoje o diretor-geral da Associaзгo Internacional de Transporte Aйreo (IATA).

"As companhias aйreas querem ter mais confianзa para oferecer mais serviзos mas nгo o podem fazer, a menos que lhes paguem", afirmou Tony Tyler, citado pelo canal privado de televisгo Venevisiуn.

Segundo Tyler, o atraso no pagamento da dнvida, devido а proibiзгo de repatriamento de capitais, obrigou as companhias aйreas internacionais a reduzir 49% dos lugares disponнveis e das frequкncias de voos.

Source: http://visao.sapo.pt/venezuela-deve-3500-milhoes-de-dolares-a-companhias-aereas-internacionais%3Df798059


*****

Cias aereas internacionais

Tel: 0800 770 9250 (SAC) e (11) 3254-6630 (reservas e compras)

Air Caraibes

Tel: (91) 3210-6334

Tel: (11) 3186-8888 e (11) 2445-4989 (aeroporto de Guarulhos)

Tel: (71) 3347-8899 e (71) 3204-1681 (aeroporto de Salvador)

Tel: 0800 888 7000 (SAC); 4003-9955 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 888 9955 (outras localidades)

EL AL – Israel Airlines

Tel: (11) 5503-5000 (central de vendas) e 0800 770 2130 (SAC)

Tel: (11) 3218-7130

JAL – Japan Airlines

Tel: (11) 3175-2270 (reservas) e 0800 771 2100 (SAC)

Source: http://www.icarusturismo.com.br/pagina-exemplo/fotos-de-aviao-7/


*****

Cias aereas internacionais

ViajaNet é uma agência de viagens online com diferenciais em atendimento e serviços ao e-consumidor, com capacidade de apresentar as melhores opções de mais de 900 companhias aéreas, seguro e pacotes turísticos. A empresa é 100% nacional e aposta no mercado brasileiro, oferecendo ao consumidor a oportunidade de descobrir o mundo em um clique.

Post:

No Segs, sempre todos tem seu direito de resposta, basta nos contatar que você será atendido. Importante sobre fonte ou autoria. O Segs atua como intermediário na divulgação de resumos de notícias (Clipping), através de matérias, artigos, entrevistas e opiniões. O conteúdo aqui divulgado de forma gratuita, decorrem de informações advindas das fontes mencionadas, jamais caberá a responsabilidade pelo seu conteúdo ao Segs, tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora. "Acredito que a palavra existe para ser usada em favor do bem. E a inteligência para nos permitir interpretar os fatos, sem paixão."(Autoria de Lúcio Araújo da Cunha) O Segs, jamais assumirá responsabilidade pelo teor, exatidão ou veracidade do conteúdo do material divulgado. pois trata-se de uma opinião do autor ou fonte. Em caso de controvérsia, as partes elegem o Foro da Comarca de Santos-SP-Brasil, local oficial da empresa proprietária do Segs e desde já renunciam expressamente qualquer outro Foro, por mais privilegiado que seja. O Segs é uma Ferramenta automatizada e controlada por IP. Para usar e saber mais, leia os TERMOS E CONDIÇÕES DE USO.

Source: http://www.segs.com.br/veiculos/27022-alta-do-dolar-obriga-companhias-a-oferecer-passagens-aereas-internacionais-60-mais-baratas.html


*****

Cias aereas internacionais

Foi deflagrada na terça-feira (23/12) a Operação Voo Rasante, da Receita Federal de São Paulo, que investiga 12 companhias aéreas internacionais que atuam no Brasil por suspeita de sonegação de impostos.

O valor que as empresas teriam deixado de recolher de CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) pode chegar a R$ 820 milhões -o que corresponde ao período de dois anos, segundo Fernando Poli, auditor fiscal da Receita e um dos responsáveis pela operação. Os nomes das companhias não foram divulgados.

“Hoje, as empresas estão tomando conhecimento da fiscalização e serão intimadas a prestar depoimentos à Receita Federal para comprovar o pagamento do imposto, como previsto no acordo internacional”.

Todas as companhias aéreas internacionais que atuam no Brasil assinam dois acordos. Um prevê quais serviços podem prestar no Brasil e o outro tem o objetivo de evitar a dupla tributação, que pode ser atribuída por troca de notas entre as embaixadas ou por decreto presidencial.

A Receita Federal investiga supostas fraudes neste último caso. Pela lei, essas empresas têm isenção de alguns impostos -PIS e Cofins sobre o faturamento, IRPJ (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica) sobre o lucro e Cide (contribuição incidente sobre os combustíveis) e IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte) sobre as remessas internacionais-, mas são obrigadas a recolher o CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). Porém, de acordo com a investigação, as companhias estariam deixando também de recolher a quantia.

“As empresas estariam aproveitando a isenção dos outros impostos para deixar de recolher também o CSLL. Estamos investigando os pagamentos de 2013 e 2014. Caso seja comprovada a sonegação, vamos investigar outros quatro anos retroativos”, afirma Poli.

A fiscalização também irá trabalhar na identificação de receitas provenientes de serviços prestados não previstos nos acordos internacionais, uma vez que as isenções tributárias só se aplicam às operações relacionadas ao tráfego internacional de passageiros.

Caso constatadas irregularidades, também haverá autuação e cobrança dos tributos devidos.

Esclarecimentos à Receita

A investigação da Receita Federal começou em julho deste ano e deve ser finalizada somente no final de 2015. A partir da próxima semana, as empresas terão que enviar documentos que comprovem os pagamentos do impostos e prestar os esclarecimentos à Receita.

Ainda de acordo com Poli, caso seja comprovada a omissão do pagamento da CSLL, será cobrado o valor do imposto no período, com correção monetária, e uma multa de 75% do total sonegado.

Mas, se houver provas de fraude, a multa passa a ser de 150% do total do valor sonegado e será encaminhado ao Ministério Público Federal uma representação fiscal para processo penal. Os responsáveis pelas empresas poderão ser indiciados, denunciados e condenados pelo crime.

A soma total do valor a ser cobrado pelas empresas pode chegar a R$ 2 bilhões.

A operação foi batizada de “Voo Rasante” e foca a investigação nas maiores companhias áreas internacionais que operam no país com sedes no Estado de São Paulo. Os nomes das companhias, por lei, não foram divulgados.

Fonte: Folha de São Paulo

23/12/2014

Foto: Zanone Fraissat/ Folhapress

Source: http://www.abesata.org/2014/12/26/receita-investiga-12-empresas-aereas-internacionais-no-brasil-por-sonegacao/

21.11.2018

New

31 2015 mar

Voe com a azul

Voe com a azul January 29, 2013 Acesse o site VOE AZUL www.voeazul.com.br/. Nele você poderá realizar suas reservas e efetuar compras de passagens aéreas, hoteis e carros. A...

02 2015 abr

Passagens aereas para japao

Passagens aereas para japao Autor: Textual Conteúdo Muitas pessoas não se contentam em fazer viagens curtas para países vizinhos, sendo que...

21 2014 feb

Pacotes para itacare

Pacotes para itacare Vai entrar em férias e ainda não sabe para onde vai viajar? Que tal um pacote de viagem para Itacaré? Essa...

Popular on-line

Voos baratos de madrugada

Voos baratos de madrugadaHome / Passagens Aéreas Promocionais / Viajar de Madrugada é Alternativa para Vôos BaratosQuer viajar de avião, mas ... Saber mais...

As melhores ofertas de voos baratos de todas as companhias aéreas e também low cost estão aqui

Actualmente para qualquer potencial viajante, passou a existir uma possibilidade de adquirir passagens aéreas para qualquer voo com condições muito atractivas, ... Saber mais...

Imprimir bilhete electronico tap

Imprimir bilhete electronico tapTAP e CP unem forças e oferecem descontos aos passageirosFoi baptizado de “Rail & Fly Portugal” e celebra ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros