Viajar barato

Viajar barato

12/03/2015 – 02:00 | Edit Post

Onde pode alugar automóveis baratos em Lisboa?

Ao chegar de viagem a Lisboa seja de avião, comboio ou outro meio chegamos a uma cidade cheia de charme e graças ao aluguer de carros no aeroporto por exemplo pode descobrir o seu ambiente maravilhoso. A oferta de veículos é geralmente suficiente, mas nos meses de verão, é aconselhável iniciar o processo de reserva com antecedência e evitar perder o que melhor se adapte às suas necessidades. O Aluguer do carro em Lisboa, pode-o obter tanto através da Internet em Alugarcarrosbaratos.pt/Lisboa ou diretamente nas agências do aeroporto de Lisboa. nas estações ferroviária ou outros locais do centro da cidade. Quanto ao aluguer, a idade mínima é normalmente de 21 anos, embora este valor varie de acordo com a agência e o tipo de carro.

Regras de trânsito e movimentação

No que diz respeito às regras de trânsito, os limites de velocidade para a condução em auto-estrada é de 120 km /h e 50 km/h para tas zonas urbanos (cuidado com os radares no centro da Cidade). Sobre a condução na cidade de Lisboa, é uma das cidades europeias com maior índice de acidentes, nos quais a grande maioria é acidentes leves, mas pode prejudicar a viagem e o aluguer da sua viatura. É aconselhável para se movimentar pelo centro da cidade optar pelo transporte público em vez de dirigir, pois o tipo de distribuição das ruas e bairros no centro, cheio de ruas íngremes e estreitas onde passam os eléctricos e muitas pessoas prejudica a condução além da falta de estacionamento.

Estacionar no centro da capital portuguesa não é tarefa fácil, a maioria dos espaços ou são proibidos ou são bastante caros dependendo da zona que estaciona. Se estacionar mal, arrisca-se a ser multado, assim como também ficar com o carro bloqueado ou rebocado (mais um contratempo se o carro for alugado, além da multa). De qualquer forma, temos sempre a possibilidade de o hotel contar com estacionamento próprio ou espaços reservados para os hóspedes.

Chegar a Lisboa abre um mundo de possibilidades, não só porque Lisboa tem muitas atrações. mas também existem outras zonas que é quase uma obrigação visitar, e se tiver um carro muito melhor. Cidades como Sintra, uma cidade cheia de castelos, florestas, colinas, um autêntico conto de fadas, parece um sonho real que incluem Palácio da Pena e da Quinta da Regaleira, entre muitos outros lugares, quase toda a área de Sintra poderia ser um museu.

Em Cascais encontra uma população com alto poder aquisitivo e muito turística, com tudo que isso implica. Enquanto isso, em Queluz encontra um tour que combina perfeitamente como as descritas acima. A área mais atraente nesta área é o Palácio Nacional. construído no século XVIII. Uma parte desses e muitos outros, as praias encontradas ao longo de toda a costa são um dos pontos fortes e deve ter o maior prazer de considerar visitar as praias na zona.

Source: http://viajarmaisbarato.com/


*****

Viajar barato

Fazer você Viajar barato. este é o principal objetivo deste artigo, mas saiba que enquanto você está lendo este post, centenas de brasileiros estarão trocando milhas por sonhos. Você também pode, agora, nestas férias. O bilhete premiado é seu.

Nunca na história deste país foi tão fácil voar com milhas. Viajar barato. E rápido. Se antes o processo de resgate costumava levar até meses, hoje as companhias aéreas se descomplicaram. Na TAM, entra-se no avião uma semana depois da reserva com milhagem. No caso da Gol, em relampejantes 90 minutos. A barreira da alta temporada também ruiu. Ou seja, você encontrará o seu bilhete premiado NESTAS FÉRIAS – se bobear, neste mês.

Neste artigo, te darei o caminho das pedras para você aprender a acumular milhares de milhas para viajar barato para os melhores lugares DO MUNDO e f uturamente, apresentarei estes lugares e como fazer para poder ir com as milhas acumuladas.

Contudo, para isso não precisaremos (como na imagem acima) pedir carona a ninguém para sairmos pelo mundo, porém nosso problema é um só:

Veja abaixo o que algumas empresas aéreas estão falando sobre o programa de milhagem:

“Todos os lugares em nossos voos na América do Sul, em qualquer período do ano, estão disponíveis para o cliente”, diz Manoela Amaro, diretora de marketing da TAM.

“Se quiser ir para Salvador na véspera do Carnaval, você consegue resgatar a passagem com os 10 mil pontos habituais”.

No programa Smiles, da Gol, você ainda precisa contar com a reserva de poltronas específicas. Mas, pagando o dobro de milhas, é possível embarcar em qualquer voo e em qualquer dia.

Do ano passado para cá, com a entrada de novas empresas e a liberação do preço das passagens, as companhias aéreas resolveram facilitar a vida do caçador de milhas.

“As empresas estão crescendo, e está sobrando lugar nos voos”, diz o consultor André Castellini, especialista em aviação da Bain & Company Consultoria.

Gol e TAM repaginaram seus programas e chegaram a trocar passagens por míseras 2 mil milhas e 3 mil pontos, respectivamente.

Herança da Varig, o velho Smiles é hoje o maior programa de fidelidade da América Latina, com 6,5 milhões de associados. Desses, cinco resgatam uma passagem a cada minuto. Principal concorrente da Gol, a TAM tem número ligeiramente menor de associados, 6,1 milhões, porém mais pessoas usam o serviço. Segundo a companhia, decola diariamente o equivalente a 51 aviões lotados de pessoas com bilhetes emitidos pelo TAM Fidelidade.

Segundo o Wall Street Journal , circulam no mundo 865bilhões de dólares em forma de 50 trilhões de milhas. O problema é que, se cada passageiro resgatasse suas milhas sistematicamente, todas as  companhias aéreas quebrariam.  É um arranjo delicado. Fato que faz com que o conhecimento de como adquirir milhas de uma forma simples e consistente seja restrito apenas a algumas pessoas, normalmente pessoas ligadas às Companhias Aéreas.

Pode soar até muito bom para ser verdade, mas temos a formula para você conseguir multiplicar suas milhas, sem enrolação e conversa fiada você será apresentado ao mundo das viagens baratas.

E para aqueles que não tem cartão e nem conhecem este programa de milhas, após assistir a este vídeo, ficarão surpresos com a facilidade que é começar a juntar milhas de uma forma profissional.

Pegue a pipoca e o refrigerante, depois aperte o botão de play para embarcar nessa fascinante viagem de poder viajar barato pelo mundo.

O que são e como funcionam os programas de milhagem?

Eles surgiram nos Estados Unidos no fim dos anos 1970 para fidelizar os clientes, dando-lhes um crédito em milhas na proporção exata das distâncias que voavam. Hoje, é mais comum premiar com uma soma arbitrária de milhas ou pontos. No caso de voos no Brasil, o prêmio é de mil milhas por trecho.

Nos internacionais, a média é de 10 mil, ida e volta. Quando você voa com uma passagem-prêmio, não  acumula milhas.

Como me inscrevo?

Nos sites das companhias aéreas. Na maioria dos casos, o número de usuário é gerado na hora. Esse número representa a “conta corrente” em que são depositadas as milhas. Não se esqueça de apresentá-lo ao reservar um voo ou fazer o check-in. Você pode acompanhar sua conta pelo mesmo site em que se inscreveu.

Posso me inscrever em mais de um programa?

Sim, mas é bom concentrar suas viagens em uma única companhia ou aliança. Manter fidelidade a um programa de milhagem também pode lhe render um dos cobiçados cartões de fidelidade, com benefícios como as salas vip dos aeroportos. Uma boa estratégia é preferir companhias nacionais. Assim você tem maior chance de aproveitar promoções-relâmpago.

Existe um programa de milhagem melhor que outro?

Com certeza que sim, mas como dissemos acima, esta informação é restrita a poucas pessoas que de tempos em tempos divulgam através de livros, cursos ou treinamentos. ( Clique aqui para conhecer o melhor de todos )

Quanto acumula: 5% do valor da tarifa em créditos, que poderão ser trocados por descontos em passagens a cada RS 50 acumulados

Source: http://www.seuseguroviagem.com/viajar-barato-com-milhas/


*****

Viajar barato

VIAJAR BARATO É UMA ARTE, QUE SE CONQUISTA COM A PRÁTICA. Pra quem nunca fez pode parecer impossível e pra quem começa a fazer pode parecer estressante no início. Mas é apenas uma questão de tempo pra você se adaptar e pegar gosto pela coisa.

A ARTE DE VIAJAR BARATO #1: AFINAL, COMO É VIAJAR BARATO?

Viajar barato é uma ótima saída para viajantes de longo prazo, pois viabiliza a aventura para muitas pessoas e ajuda a prolongar a viagem. Os viajantes de longo prazo tendem a economizar em hospedagem, transporte e alimentação para usar o dinheiro com experiências pelo caminho. Afinal eles começam a compreender que para as necessidades básicas do ser humano não é necessário o luxo e o que vai fazer a grande diferença na sua aventura são as incríveis experiências que você vai viver.

Isso não significa que você precisa abrir mão dos critérios básicos que geram a sua satisfação, como um lugar limpo, com uma cama confortável, uma comida gostosa, etc… Mas para viajar barato você precisa entender o real conceito de “conforto”, eliminar as frescuras desnecessárias e rever seus conceitos com relação às “reais necessidades”. Sim, a mulherada sofre mais no início, mas rapidinho se acostuma e começa a curtir.

Além disso, viajar barato não é só vantajoso pela economia, mas também pelos benefícios que viver essa experiência pode trazer pra sua vida. Nós experimentamos essa sensação maravilhosa e recomendamos. Quando viajamos 2 anos pelo mundo foi a primeira vez que viajamos barato. Levamos uns 3 meses pra nos adaptarmos ao estilo, mas depois amamos.

Benefícios de viajar barato:

  • Estimula e proporciona muitas oportunidades de contato com os locais.
  • Pode trazer várias aventuras inesperadas.
  • Te coloca em situações que provavelmente você não faria no seu dia-a-dia.
  • Gera uma conscientização muito maior do valor do dinheiro.
  • Te ensina a viver um estilo de vida mais simples e mais prático. Afinal você vai ver como pode ser vantajoso viver com tão pouco.
  • Te ensina a desapegar e você vai entender que inventamos “necessidades”.
  • Te coloca em situações de teste constantemente que geram um profundo auto-conhecimento.
  • Ajuda a rever os valores e prioridades na vida.

Depois de uns meses praticando o seu cérebro começa a pensar diferente, US$ 1,00 faz sempre a diferença e o que você começa a avaliar é se vale a pena investir em um determinado item e o que você poderia fazer se economizasse aquele dinheiro.

Um exemplo: Você está em dúvida se fica naquele hotelzinho básico que custa US$ 7,00 a diária ou se fica naquele outro mais charmoso, decorado, com TV,… por US$ 20,00 a diária. Mas o de US$ 20,00 parece tão barato né? Só que não. Supondo que você fique 6 dias nessa cidade, veja as contas abaixo:

Notas: Os custos comparados na tabela acima são totalmente reais e baseados em países de custo baixo, como em vários países da Ásia.

Entendeu o ponto? Precisa virar a chave. E isso não vale somente para hospedagem, mas para tudo que você faz no seu dia-a-dia, como alimentação, transporte, passeios, besteirinhas e tudo mais. De US$ 1,00 em 1,00 são muitos dólares que podem te proporcionar outras coisas.

1- Viaje devagar: quanto mais devagar você viajar, mais barata tende a ser a sua viagem. Por várias razões: os custos mais elevados com transporte e experiências se diluem nos dias com poucos gastos, você não faz passeio todos os dias e tem muitos dias para relaxar, você se desloca bem menos que um viajante acelerado, você tem mais tempo em cada lugar para investigar as opções mais baratas para se hospedar, comer, passear, etc.

2- Elimine seus preconceitos: você vai conhecer lugares e pessoas completamente diferentes da sua realidade e cultura. Abra a sua mente, elimine os seus preconceitos e esteja aberto à experimentação. Sabe aquele olhar torto pra birosquinha, para aquele transporte, para aquele quarto do hotelzinho? Elimine esse hábito e um mundo vai se abrir à sua frente.

3- Escolha destinos baratos: existem muitos países onde você pode gastar de 15 a 20 dólares por pessoa por dia. Foque nesses países e a viagem vai sair muito barata. Para mais informações sobre países baratos não deixe de ver as dicas em QUANTO CUSTA .

4- Otimize seu roteiro: se você quer fazer 10 países espalhados pelo mundo em 1 ano sai bem mais caro do que fazer 10 países em regiões interligadas, pois você pode fazer deslocamentos mais curtos por terra e não precisa de longos trechos de avião, que é a parte que mais pesa no orçamento.

5- Evite as grandes cidades: elas tendem a ser mais caras e tudo um pouco mais complicado. É mais complicado achar um lugar barato para dormir com suas perninhas, é mais difícil negociar pois a procura é maior e as pessoas tendem a ser mais carrancudas e fechadas. Cidades pequenas são perfeitas para conseguir ótimos preços, negociar, além de ser bem mais tranquilo.

6- Procure hospedagem com as suas perninhas: as acomodações mais baratas geralmente não estão disponíveis na internet, a melhor forma de encontrá-las é caminhando pela cidade. Guias de viagens são bons para indicar as regiões com muitas opções, mas geralmente as hospedagens listadas nos guias ficam muito populares e tendem a ficar mais caras. Dicas de outros viajantes sempre pode ser uma boa. Veja como encontrar hospedagens baratas .

7- Durma com os locais: peça para dormir na casa de pessoas, tente fazer couchsurfing ou “house sit”, é uma ótima forma de interagir com a cultura local. Saiba mais sobre essas opções em hospedagem .

8- Trabalhe em troca de hospedagem: hoje existem diversas opções onde você oferece a sua mão de obra em troca de uma cama e até mesmo alimentação, pode ser trabalhando num hostel, numa fazenda ou num trabalho voluntário. Veja mais dicas sobre essas opções em “Trabalho na Viagem” .

9- Coma onde os locais comem: esqueça os restaurantes turísticos, procure comer onde os locais comem e em mercados de comida. Uma boa forma é perguntar para os locais onde eles almoçam, pois é comum encontrar pacotes bem mais em conta no almoço. Logo almoce na rua e cozinhe na janta (quanto tiver cozinha na sua hospedagem). Não tenha preconceito, comida de rua pode ser sim uma delícia e não vai te matar!

10- Coma na casa de um local: encontre um anfitrião disposto a compartilhar uma refeição com você no site Meal Sharing. Essa vai ser um oportunidade perfeita de provar uma comida caseira e interagir com a cultura local.

11- Seja seletivo: em longas viagens como essa você vai aprender a selecionar melhor o que vale mesmo a pena visitar, ao invés de querer ver tudo que passa pela sua frente como em uma viagem de férias. Você acaba aprendendo a usar o seu dinheiro de forma mais eficiente.

12- Vá além do turismo: visitar pontos turísticos não é a única coisa interessante a se fazer pelo mundo e é cansativo após muito tempo de viagem. Aproveite as coisas simples do dia-a-dia, como uma caminhada pela rua, observar os locais, apreciar a vista, desbravar as ruazinhas da cidade, apreciar um café, bater papo com os locais… Fazer isso não tem custo e pode ser tão interessante quanto visitar um ponto turístico.

13- Confira a agenda dos lugares turísticos: muitos lugares oferecem dias gratuitos para visitação ou promoções durante períodos especiais e eventos. Sempre confira as ofertas. Numa viagem de longo prazo é comum você esquecer qual o dia da semana, mas para economizar nas visitas vai valer ficar atento. Pesquise também sobre os famosos “Free Walking Tour” que existem pelo mundo todo. O blog Mochila Brasil divulgou uma extensa lista.

14- Pergunte aos locais: sempre pergunte à locais (que não tenham nenhuma relação com o turismo) quanto as coisas custam, como um trecho de tuk-tuk, uma coisa que você quer comprar, um transporte, etc… É comum que os prestadores de serviço tentem enganar os turistas. Se você tiver boas referências isso não acontece. Nem sempre confie em referências da sua hospedagem, pois negócios voltados para o turismo podem estar associados e manipular a informação.

15 – Utilize o transporte público: não importa onde você vá no mundo sempre existem opções de transporte púbico. Esqueça o taxi e tente encontrar sempre a opção mais barata. Pense assim: num país barato se o taxi é barato o transporte público é mais ainda. Entendeu? Aproveite também para andar muito. O que são 3 km a pé quando você tem tempo e pode apreciar a vida à sua volta? Você nem sente passar o tempo e ainda faz bem pra saúde.

16 – Economize na passagem aérea: se a única opção é voar então melhor tentar pagar o menos possível. Seja flexível, aproveite boas ofertas pelo caminho, conheça as empresas de baixo custo e saiba como encontrar a oferta mais em conta. Saiba como aqui .

17 – Faça deslocamentos noturnos: dessa forma você economiza na hospedagem daquela noite. Mas isso só vale se a passagem noturna não for bem mais cara que a diurna.

18- Vá de carona: existem grandes comunidades de viajantes que só viajam assim. Talvez você não queira fazer uma viagem inteira de carona, mas pode usar esse recurso em vários deslocamentos, até mesmo para viver uma experiência diferente. É uma ótima oportunidade para conhecer e interagir com locais.

19- Vá na baixa temporada: é difícil conciliar o seu roteiro em 100% do tempo para evitar a alta temporada, mas se você sabe que aquela cidade específica bomba muito no período que você queria ir vale a pena repensar seu roteiro, os preços podem triplicar dependendo do local.

20- Controle o seu orçamento: é importante você saber o quanto gasta diariamente para garantir a longevidade da sua viagem. Estipule metas de gastos diários por país e tente controlar os gastos dentro da sua meta. Se você não fizer nenhum controle sua viagem pode durar bem menos do que você imagina. Dinheiro voa! Conheça as nossas dicas para controlar seu orçamento em DINHEIRO.

Source: http://projetoviravolta.com/dicas-para-viajar-o-mundo/viajar-barato/


*****

Viajar barato

Na minha opinião a resposta é sim por três motivos principais: viajar pelo Brasil realmente está caro (principalmente se tiver que pegar avião), Portugal é um dos países mais baratos da União Européia e ainda não é um destino turístico consolidado, como França e Itália por exemplo.

Com relação ao primeiro ponto, os brasileiros conhecem melhor do que ninguém a loucura dos preços praticados no Brasil.

Com relação ao segundo ponto vamos abordar alguns aspectos:

Considerando o PIB per capita (geração de receita do país por pessoa), Portugal ocupa apenas a 19ª.posição no ranking dos 28 países da União Européia, ficando à frente de Eslováquia, Estónia, Lituânia, Hungria, Polónia, Letónia, Roménia, Bulgária e Croácia, ou seja, excluindo os países do Leste Europeu, Portugal é o país com o menor rendimento por pessoa e, consequentemente, com um dos mais baixos custos de serviços na Europa Ocidental. Mas aí pode surgir outra questão importante, o serviço e a infra-estrutura devem ser ruins. Muito pelo contrário, os transportes públicos são bons, as estradas são excelentes, a gastronomia é deliciosa e muito em conta, os vinhos são espectaculares e baratos e os portugueses são um dos povos mais hospitaleiros de toda Europa!

Para se ter uma idéia, o prato do dia no almoço gira em torno de €7,00 (R$20,00) e um jantar custa em média €15,00 (R$40,00) por pessoa. Se for jantar num restaurante muito bom, a conta sai em torno de €40,00 (R$110,00) por pessoa, incluindo entradas, sobremesa e um bom vinho.

www.gocartours.pt/ ) são ótimas opções.

Não sei se é porque Portugal tem uma hotelaria mais recente, mas em geral, os padrões em Portugal são melhores e mais modernos do que muitos países na Europa, sendo que em média, um hotel  de 4 estrelas em Portugal é superior a um hotel de 4 estrelas na Itália, na Espanha, na França ou na Inglaterra, e com preços bem abaixo desses países. Para se ter uma idéia, em Lisboa por exemplo, um bom hotel de 4 estrelas bem localizado pode ser encontrado por €80 euros a diária (R$ 200,00) para duas pessoas. Hotéis 3 estrelas, limpos, confortáveis e bem localizados podem ser encontrados pela metade desse preço! A oferta hoteleira em Portugal apresenta uma vasta gama de opções para todos os bolsos e gostos, com boa estrutura, bom acabamento, decoração moderna e limpos.

Com relação ao terceiro ponto, gosto de dizer que somos “felizes na nossa ignorância”, afinal nunca conhecemos e nem sabemos tudo nessa vida. Infelizmente existem poucas informações  sobre o turismo de Portugal no Brasil (e em muitos outros países, mas ressalto o Brasil por falarmos a mesma língua!), permitindo que os brasileiros tenham conceitos já formados sobre Portugal de muito tempo atrás, conceitos esses que não colaboram em despertar o desejo do conhecer este país realmente fascinante e surpreendente. Consequentemente, existem aspectos positivos muito interessantes como não ter preço abusivos, não haver filas enormes para testarem a nossa paciência, poder gozar o excesso de tranquilidade, pouquíssimo trânsito, sentir-se muito seguro entre tantos outros…

Se tiver tempo disponível, deixe-se envolver pelo interior de Portugal, pois a medida que nos afastamos dos grandes centros urbanos as relações pessoais valorizam-se, os monumentos históricos engrandecem, a natureza torna-se mais exuberante, as aldeias tornam-se verdadeiros oásis de conhecimento e o mais importante, os preços tornam-se ainda mais atraentes, como por exemplo, ter a oportunidade de dormir em uma casa tradicional em plena aldeia histórica de Portugal com todo conforto e requinte por apenas €65 (R$180,00).

Com este breve texto esperamos ter contribuído para o planejamento de sua viagem a Portugal!

Para maiores informações e esclarecimentos, entre em contacto conosco através do email info@soulportugal.com. que teremos todo o prazer em ajudá-lo!

Source: http://www.soulportugal.com/blog/esta-mesmo-barato-viajar-para-portugal/

21.10.2019

New

31 2015 mar

Siglas companhias aereas

Siglas companhias aereas Ao ser consultado o VRA alguns valores retornados estão representados em formas de siglas ou códigos....

02 2015 abr

Voos baratos madeira porto

Voos baratos madeira porto A companhia aérea low cost Transavia anunciou que irá aumentar o número de frequências entre o Porto e a Madeira a...

21 2014 feb

Pesquisa sobre avião

Pesquisa sobre avião Não há necessidade de que conhecimentos prévios sejam trabalhados para a efetuação destas aulas. Estratégias e recursos da aula As estratégias utilizadas serão: - Aula interativa; -...

Popular on-line

Comprar passagem aérea

Comprar passagem aéreaConfira dicas sobre compra de passagem aérea para o Canadáda Agência Canadá para Brasileiros#image.jpgCompre sua passagem aérea para o Canadá da forma mais ... Saber mais...

Trip linhas aereas

Trip linhas aereasTrip Airlines is now available on the Alternative Airlines price and availability display with instant flight confirmation and ticketing. Trip's route network is ... Saber mais...

Dicas para comprar passagem aerea barata

Dicas para comprar passagem aerea barataAs pessoas estão cada vez mais viajando de avião, não somente por lazer, também por trabalho. Ao mesmo tempo em ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros