Viajar mais barato

Viajar mais barato

A vida é uma viagem por si só e temperá-la com outras viagens por esse mundo fora, é perfeito. Melhor, só viajando mais barato e é precisamente esse o tópico principal dos artigos do Viajar Mais Barato. Aqui, você  vai encontrar informação útil para que possa usufruir o máximo das suas viagens sem que para isso tenha de gastar mais dinheiro, pelo contrário, tudo faremos para que tenha de mexer na sua carteira o menos possível.

Também encorajamos os leitores a partilhar as suas ideias, dicas e histórias sobre as suas viagens e férias.

Portanto, se gosta de viajar bem e barato, este é o blog que deve SUBSCREVER para que receba as actualizações quase diárias de forma cómoda.

Source: http://viajarmaisbarato.com/about/


*****

Viajar mais barato

Dicas Gerais de Viagem

Viajar é mais do que apenas partir. É bom saber como encontrar voos baratos. hotéis e outro tipo de alojamentos baratos, e muito mais. Em baixo estão algumas dicas gerais de viagem.

Quando reservar um voo nas épocas altas, às vezes é mais barato voar para outros aeroportos do que para o seu destino final, e depois apanhar um comboio ou autocarro.

Quando fizer o check in no hotel, pergunte se é possível um upgrade. O turismo está actualmente muito mau e por isso existem muito mais probabilidades de obter actualizações grátis e brindes apenas por perguntar. Eles querem manter os clientes satisfeitos para recomendarem outras pessoas. Use isso a seu favor.

Se estiver numa cidade por uma ou mais semanas, alugue um apartamento mobilado. Pode ficar mais barato que um hotel. Também pode optar por fazer Couchsurfing para ficar de graça nos locais.

A maioria dos albergues oferecem quartos particulares que são mais baratos do que hotéis. Você terá o seu próprio banheiro, Wi-Fi grátis. e às vezes até mesmo uma TV.

Visite sempre o posto de turismo local. Eles geralmente têm cartões com descontos para as principais atracções e informações sobre o que se está a passar durante o tempo que vai lá estar.

A hora do almoço é a melhor altura para visitar locais históricos. Os grupos de turistas vão geralmente sempre visitar lugares no início da manhã ou da tarde, mas por volta das 13h, eles fazem uma pausa para o almoço, deixando assim as filas para as principais atracções, muito menores. Por outro lado, se você for um madrugador, pode ser o primeiro da fila e também bater o tempo de espera.

Nunca coma numa área turística, o comer terá metade da quantidade devida e o dobro do preço. Esta é uma dica bastante simples, mas muitas vezes esquecido pelas pessoas.

Visite o supermercado local para ver como é o paladar local, e faça umas sandes ou, se tiver uma cozinha, um bom jantar.

Se gosta de comer em restaurantes caros, faça-o durante o almoço. A maioria dos restaurantes oferecem almoços especiais muito mais baratos do que aqueles no menu do jantar. Não sabe onde ir comer? Não procure no guia. Pergunte a um local.

Source: http://viajarmaisbarato.com/guia-turismo-viagens/


*****

Viajar mais barato

Gosta do que vê? Subscreva-se ao Viajar Mais Barato.

Ao se subscrever no Viajar Mais Barato, vai receber:

  • As ultimas noticias sobre voos e alojamentos mais baratos
  • Dicas para viajar mais barato
  • Artigos sobre destinos
  • Revisões a sites, livros e gadgets úteis para as suas viagens
  • Vídeos e… muito mais!

Tem 2 maneiras de se subscrever:

Subscrever por RSS

Se está familiarizado com o RSS e agregadores de notícias, poderá subscrever o Viajar Mais Barato através do seu leitor RSS Feeder favorito!

Subscrever por E-mail

Se não estiver familiarizado com os RSS FEEDS, pode subscrever-se por email, ou seja, receberá 1 email por dia, com toda a informação publicada nas últimas 24 horas. Esta subscrição é muito idêntica a uma newsletter e pode anulá-la a qualquer momento.

Coloque o seu endereço de e-mail:

Source: http://viajarmaisbarato.com/subscrever/


*****

Viajar mais barato

Viagem mais cara. Em uma casa de câmbio no Centro do Rio, o dólar turismo abre o dia negociado a R$ 3,12 - Márcia Foletto / Agência O Globo

RIO - O dólar comercial encerrou acima dos R$ 3 nesta quinta-feira, o que não ocorria desde 16 de agosto de 2004. A divisa fechou em alta de 1,04%, a R$ 3,011, tendo sido negociada a R$ 3,023 na máxima do dia. Nas casas de câmbio de São Paulo, o dólar turismo em espécie era vendido a R$ 3,20, segundo a firma de informações financeiras CMA. No Rio, a cotação era de R$ 3,13.

Mas esse movimento da moeda americana não se repetiu com o euro, que sempre foi visto pelos brasileiros como bem mais caro que o dólar. No mercado à vista, referência para o mercado financeiro, a diferença entre o dólar e o euro na comparação com o real foi de R$ 0,308. O dólar fechou cotado a R$ 3,003, e a moeda europeia, a R$ 3,311. É a menor diferença entre as duas divisas desde 4 de setembro de 2003, quando ficou em R$ 0,2775. Naquela ocasião, o dólar à vista estava em R$ 2,925 e o euro, em R$ 3,203. Ou seja, para os turistas, isso significa que a Europa pode estar valendo mais a pena que os Estados Unidos.

Simulação feita pelo GLOBO junto a agências de viagens mostra que um pacote de sete noites em Paris em hotel de classe turística já está mais barato que para Nova York na semana de 23 de março. Cotação feita pela Sóviagens Turismo para a cidade americana sai a US$ 1.349 por pessoa, em apartamento duplo, sem incluir taxas de embarque, impostos e encargos da agência. Para a capital francesa, o valor é de US$ 1.296.

— As viagens para a Europa estão ficando mais vantajosas, mas as pessoas ainda não perceberam isso — afirma a diretora da Sóviagens, Mariangela Botto.

Ela destaca que “os telefones estão parados” e quem já tem viagem marcada para os EUA está fazendo mudanças na escolha de hotéis, por exemplo, para amenizar o dólar mais caro.

COMPORTAMENTO DOS CLIENTES

Segundo a Express Tours, o valor de sete noites em Paris, com saída em 23 de março e hospedagem em hotel categoria turística, com translados de chegada e saída, custa US$ 1.690. Para Nova York, no mesmo período, o valor é de US$ 1.850. Em ambos os casos, as taxas de embarque saem por US$ 100.

A empresa já sente a diferença no comportamento dos clientes. Quem estava se programando para ir aos EUA está segurando o fechamento do pacote, à espera de que a cotação do dólar recue. Outros clientes começam a rever os destinos.

— A procura pela Europa tem crescido. Hoje os pacotes têm preço equivalente ao dos Estados Unidos e até mesmo ao de alguns destinos da América Latina — afirma Márcia Santos, gerente operacional da Express Tours.

As agências também já começam a tentar convencer os viajantes a trocarem os EUA pela Europa. O diretor comercial da Nascimento Turismo, Cleiton Feijó, a estratégia tem sido oferecer orçamentos para destinos europeus:

— Há um ano, essa diferença do dólar para o euro era de cerca de 30%, e hoje está em 10%. É bem mais atraente hoje viajar para a Europa que para os Estados Unidos, mas ainda não há essa percepção entre as pessoas, só entre os que acompanham mais esse mercado.

A preocupação dos viajantes, segundo Feijó, é com a oscilação das moedas — tanto o dólar quanto o euro —, que dificulta um planejamento mais claro dos custos da viagem.

Na Visual Turismo, o presidente Afonso Gomes Louro também percebeu aumento da procura por cidades na Europa, além da troca dos EUA por destinos no Brasil:

— Quando há oscilação da moeda, o cliente se retrai. Temos negociado com fornecedores, como hotéis, para reduzir o preço em dólar. E temos visto aumento da procura por Europa, mas também por destinos domésticos.

A CVC também tem observado aumento na procura pela Europa desde o ano passado, quando o euro registrou desvalorização. Isso porque, com as moedas quase equiparadas, as viagens para o continente estão mais atraentes para os consumidores.

— Somente em 2014, os embarques de brasileiros na CVC para a Europa cresceram mais de 20% que em relação a 2013, e temos empregado cada vez mais esforços para democratizar o acesso às viagens naquele continente. Além de oferecer promoções de “euro reduzido”, reformulamos nossos pacotes, ao incluir serviços como guias de turismo que falam português e transporte entre países pela Europa — conta Luiz Eduardo Falco, presidente da CVC.

Em 2014, a Europa foi o quarto principal destino internacional dos clientes da empresa, perdendo apenas para Miami-Orlando, Buenos Aires e Caribe. Na Europa, as preferências são por Madri-Barcelona (54%), Lisboa-Porto (27%) e Roma (17%).

BCE: ESTÍMULO COMEÇA NA SEGUNDA-FEIRA

Esse cenário não deve mudar tão cedo. O gerente de câmbio da TOV Corretora, Reginaldo Siaca, ressalta que a tendência da moeda americana ainda é de alta a curto prazo:

— O dólar ganha força diante da expectativa de alta dos juros nos Estados Unidos, e ainda temos fatores internos, como as incertezas políticas, o racionamento, a inflação acima da meta e, agora, o mercado de trabalho. A curto prazo, a moeda americana vai ficar pressionada.

A tendência do dólar ontem foi de valorização global, subindo frente a 15 das 16 principais moedas do mundo. Mas foi o euro que mais chamou a atenção no mercado de câmbio: a moeda única europeia chegou a ser negociada abaixo de US$ 1,10, o que não ocorria há 11 anos. O euro acabou encerrando os negócios a US$ 1,1028, uma queda de 0,5%. Vassili Serebriakov, estrategista de câmbio do BNP Paribas, disse à agência Bloomberg que o banco prevê paridade entre dólar e euro já no início do ano que vem.

A desvalorização da moeda única europeia ontem se deveu ao anúncio dos detalhes sobre o pacote de estímulo financeiro na Europa. O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, explicou ontem que as compras de ativos monetários, de € 60 bilhões por mês, começaram na próxima segunda-feira. Isso equivale a uma injeção de dinheiro nos mercados financeiros.

No cenário brasileiro, contribuem para a valorização do dólar as crescentes dificuldades políticas para o governo fazer o ajuste fiscal e uma intervenção menor do Banco Central no câmbio. Esta semana, a autarquia começou a oferecer diariamente a rolagem de 7.400 mil contratos do chamado swap cambial (venda de dólar no mercado futuro) que venceriam no mês que vem. Se mantiver esse ritmo, o BC irá deixar vencer US$ 2,2 bilhões do lote total de US$ 9,96 bilhões com vencimento em abril. Para rolar tudo, o BC deveria estar oferecendo diariamente 9.500 contratos.

Source: http://oglobo.globo.com/economia/com-dolar-alto-viajar-para-paris-ja-mais-barato-do-que-ir-nova-york-15517848

21.11.2018

New

31 2015 mar

Operadores turisticos

Operadores turisticos O Grupo Piñero. desde 1975, que tem conseguido estruturar uma oferta turistica integrada e completa. A adaptação às necessidades do mercado, a flexibilidade nas...

02 2015 abr

4 comentários:

Trip linhas aereas Trip Airlines is now available on the Alternative Airlines price and availability display with instant...

21 2014 feb

Consulta de voos internacionais

Consulta de voos internacionais Você não precisa mais entrar em contato com a companhia aérea para saber o status do vôo...

Popular on-line

Voos baratos de madrugada

Voos baratos de madrugadaHome / Passagens Aéreas Promocionais / Viajar de Madrugada é Alternativa para Vôos BaratosQuer ... Saber mais...

As melhores ofertas de voos baratos de todas as companhias aéreas e também low cost estão aqui

Actualmente para qualquer potencial viajante, passou a existir uma possibilidade de adquirir passagens aéreas para qualquer voo ... Saber mais...

Imprimir bilhete electronico tap

Imprimir bilhete electronico tapTAP e CP unem forças e oferecem descontos aos passageirosFoi baptizado de “Rail & ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros