Mochilao europa

Mochilao europa

Muita gente tem entrado em contato comigo pedindo a planilha que eu montei para minha viagem. Bom, finalmente aqui está ela. Demorei um pouco para elaborar este post, mas acho ele vai ajudar muita gente que está planejando por conta própria um mochilão. Então vamos lá, vou fazer a explicação em cima da planilha que criei para o meu segundo Mochilão pela Europa. No final do post tem o link para download dessa planilha.

Dentro do arquivo eu tenho planilhas separadas por temas. Sendo eles: Cronograma Geral da Viagem. Transporte. Hospedagem. Gastos Totais. Lembretes e também uma planilha individual para cada cidade que será base na viagem. Quando eu digo cidade base eu quero dizer as cidades que vou dormir, as demais cidades que vou visitar ficam dentro da planilha das suas respectivas cidades base. Agora vou mostrar como eu organizo cada uma dessas planilhas:

Cronograma Geral da Viagem

Bom, essa é a planilha onde eu começo o meu roteiro de cidades. Com base em outros relatos, dicas e pesquisas, eu começo a distribuir nessa lista as cidades que pretendo visitar. Sempre com a ajuda do bom e velho mapa mundi (Google Maps ). Eu já vou tentando deixar a ordem das cidades de uma maneira lógica. Com isso eu evito um vai e vem desnecessário e perda de tempo na viagem.

Essa tabela me ajuda a organizar as datas e ver a viagem de cima. Consigo ver facilmente que dia estarei em cada cidade, qual meu horário de chegada, o transporte que vou utilizar e mais alguma informação importante.

Transporte

Essa tabela da planilha é referente ao meu transporte entre as cidades. Com as cidades definidas, eu vou anotando aí qual será o meio transporte que vou utilizar. Quando é necessário, eu duplico esta tabela para calcular quanto vou gastar de diferentes maneiras. Uma se comprar todos os tickets a vulso, na outra quanto vou gastar usando um passe de trem. avião e ou o que for. O ideial é fazer várias comparações e ver qual vale mais a pena para você.

Hospedagem

Agora chegamos a tabela de Hospedagem. É uma tabela bem simples mas que me ajuda bastante a organizar esta etapa. Nela eu tenho todas as minhas cidades base. com data do check-in , check-out , numero de diárias. nome do hóstel. status (reservado ou não reservado ), valor que já paguei para reserva. valor a pagar quando chegar no hostel e o valor total.

No final ela me apresenta automaticamente quanto eu já paguei, quanto teria que pagar e qual foi o meu gasto total com a viagem. Ahh, no caso de cidades com moedas diferentes, eu anotava o valor original ao lado e na tabela colocava o valor convertido em Euros.

E se precisa reservar um hotél ou albergue em qualquer lugar do mundo, encontre no booking mais de 1.000 sugestões de hotéis. No site você vai encontrar avaliações e notas de quem já se hospedou nos hotéis. O booking é 100% seguro, clique aqui faça sua reserva .

Gastos Totais da Viagem

Bom, a próxima tabela é referente aos gastos totais da viagem. Ela é um pouco mais complexa e também muito pessoal para cada um. Veja aqui Quanto Custa um Mochilão na Europa .

Vale lembrar que existem algumas fórmulas aplicadas nessa tabela. Eu mesmo ia criando cada uma para me ajudar na organização.

Informações como o que já gastei com hospedagem e o que ainda tenho que pagar quando chegar na Europa já são puxadas automaticamente da planilha “Hospedagem “.

A minha informação central dessa tabela é o quadro “Gastos Totais “. Tudo que tem em volta é jogado para lá. Somente os quadrados da direita que tem outra função. Os quadros em amarelos são minha fontes de conversão. Ali eu coloco as moedas que vou usar e por quanto cada uma esta cotada.

Veja que o Seguro Viagem está dentro de Gastos Totais. Veja aqui tudo que você precisa saber sobre Seguro Viagem  – lembrando que ao contratar o seu seguro com a  Mondial. pelos  links  do blog, você ajuda a manter o blog ativo e não paga nada a mais por isso. O post fala sobre o Seguro Viagem para Europa, mas tem boas dicas para qualquer viagem!  Aproveite e ganhe 15% de desconto!

No quadro abaixo delas eu tenho a divisão do que comprei em moeda. o que creditei no cartão e quanto ainda falta para comprar. É apenas um box auxiliar.

Depois disso, finalmente, eu começo os roteiros individuais de cada cidade. Para explicação vou usar a planilha de Lisboa.

Roteiro das Cidades

Como vocês podem ver eu tenho um divisão por colunas, cada uma referente a um dia da viagem e por linhas, referente as horas do dia. Claro que tudo que tem aí é apenas uma estimativa. mas me ajuda muito na hora de planejar um roteiro e estimar quanto tempo vou precisar para cada coisa.

Essa é uma planilha que eu curto muito fazer e vou preenchendo ela no meu tempo. Gosto de ir pesquisando, alterando uma coisa aqui, outra ali. Até finalmente ir fechando a viagem.

Source: http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/103-minha-planilha-de-viagem


*****

Mochilao europa

Muita gente está acompanhando os posts do Mochilão Chile / Bolívia e está com dúvidas sobre quanto gastei na viagem. Decidi fazer então um post com os gastos da viagem. assim como fiz no post Quanto custa um mochilão na Europa .

Destacando que esse mochilão foi feito em abril de 2014 e incluiu o Deserto do Atacama. o Salar de Uyuni. Santiago. Viña del Mar e Valparaíso. totalizando 15 dias de viagem. Veja o roteiro completo da viagem aqui .

Bom, ao entrar num assunto relacionado a gastos eu gosto de deixar bem claro que isso é algo super pessoal e vai variar de acordo com o estilo de viagem de cada um. Algumas pessoas são extremamente econômicas, outras acabam gastando um pouco mais.

De qualquer maneira vale deixar claro que essa não é uma viagem cara e colocando na balança tudo que ela oferece, é realmente uma viagem que vale muito a pena.

Diferente de um mochilão para a Europa, nesse mochilão para o Chile eu não precisei comprar nada antecipadamente. A única coisa que fiz ainda no Brasil foi a reserva de hospedagem – o que vale muito a pena, principalmente no Atacama .

San Pedro de Atacama gira em torno dos passeios pelo deserto e em alta temporada fica lotada de viajantes vindos dos quatro cantos do mundo. As opções de hospedagem são bem amplas, de pequenos e simples hostels até luxuosos hotéis.

Confira aqui as melhores opções de hospedagem no Chile e garanta a sua reserva.

Bom, para essa viagem eu não precisei gastar com mochila, transport cover, pochete, adaptardor, etc. Todos esses itens eu já tinha das viagens anteriores. É interessante você ver o post Quanto custa um mochilão na Europ a – nele eu descrevi meus gastos com esses equipamentos.

O único item que comprei exclusivamente para essa viagem - mas que sei que vai me acompanhar em várias outras – foi o saco de dormir. Fiquei dias fritando a cabeça para decidir se deveria ou não investir uma grana nesse acessório.

Sobre a temperatura no deserto e na viagem ao Sala de Uyuni cada pessoa me dizia uma coisa: é frio mas dá pra aguentar sem o saco de dormir, é muito frio então leve o seu, não leve pois você aluga um por lá, não alugue pois não são muito limpos …. enfim, nenhuma resposta concreta. Acabei decidindo por comprar um saco de dormir. Optei pelo modelo Deuter Orbit +5.

O investimento no saco de dormir foi alto: R$ 320,00. Mas não tenho do que reclamar! É um produto de muita qualidade e sei que vou ter ele por muito tempo. Sou meio chato na hora de escolher esse tipo de equipamento, prefiro pensar nele com um investimento de longo prazo e já investir em algo de qualidade. Mas se estiver fora do seu orçamento e mesmo assim você quiser levar um saco de dormir – eu recomendo levar – pode investir em algumas opções mais em conta, mas converse com o vendedor e explique que você vai passar a noite em um lugar fechado (um alojamento – não ao ar livre) e que a temperatura pode ser bem baixa, mas você não vai ficar exposto ao vento e tal.

Bom, ainda nos itens de pré-viagem, eu comprei alguns remédios para levar: analgésicos, sal de frutas, protetor labial, protetor solar, colírio, band-aid, dramim e remédio para gripe. O valor desses itens vai variar muito de um lugar para outro, então vamos dizer que gastei R$ 80,00 reais na soma total.

Saco de dormir: R$ 320,00

Remédios: R$ 80,00

Total: R$ 400,00

Este valor eu não vou inserir na soma total da viagem, pois considero um investimento a parte.

Se você tem uma flexibilidade para ajustar datas, sua passagem pode sair mais em conta. Agora, se você tem um roteiro definido e quer fazer ele dessa maneira, a passagem pode sair um pouco mais cara. Nesse post você encontra algumas dicas para economizar .

No meu caso, só o fato de sair de Curitiba já encareceu a passagem. O meu vôo ficou da seguinte maneira: Curitiba > São Paulo > Santiago e a volta Santiago > São Paulo > Curitiba. Essa passagem de ida e volta saiu por R$ 980,00. já com taxas.

Mas eu ainda tive que comprar outra passagem separada, que foi: Santiago > Calama / Calama > Santiago. Eu paguei cerca de R$ 600,00 reais nessa passagem – comprando direto no aeroporto de Santiago. Muitas pessoa já me falaram que conseguiram comprar pelo site chileno da Lan por um valor bem mais em conta – vale a pena tentar. Outra opção, para quem tem mais tempo, é ir de ônibus de Santiago até Calama – mas a viagem dura 24 horas.

Outro item muito importante é o seguro viagem. Várias empresas oferecem esse serviço e, dependendo do seu cartão de crédito, você até pode ganhar o seguro assim que comprar a passagem. Eu fiz meu seguro com a Mondial e para essa viagem ele saiu por R$ 100,00.

Veja aqui tudo que você precisa saber sobre Seguro Viagem  – lembrando que ao contratar o seu seguro com a Mondial. pelos links  do blog, você ajuda a manter o blog ativo e não paga nada a mais por isso. O post fala sobre o Seguro Viagem para Europa, mas tem boas dicas para qualquer viagem! Aproveite e ganhe 15% de desconto!

Por fim, a última passagem que compre foi a do ônibus de Santiago para Viña del Mar. A passagem saiu em torno de R$ 40,00. É bem barata e pode ser comprada direto na rodoviária em Santiago. De Viña del Mar para Valparaíso a viagem é feita coisa ônibus locais e não coloquei a valor nessa conta.

Passagem área ida e volta Curitiba / Santiago: R$ 980,00

Passagem área ida e volta Santiago / Calama: R$ 600,00

Passagem de ônibus ida e volta Santiago / Viña del Mar: R$ 40,00

Seguro viagem: R$ 100,00

Total gasto em passagens + seguro viagem: R$ 1.720,00

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos ver agora os valores referentes a hospedagem. Lembrando que esses são os valores de abril/2014 e podem ter sofrido alterações:

5 Diárias – San Pedro de Atacama – Hostel Campo Base – Total: U$ 150,00 dólares

2 Diárias – Santiago – Happy House Hostel – Total: U$ 48,00 dólares

1 Diária – Viña del Mar – Jaguar Hostel – Total: U$17,00 dólares

3 Diárias – Santiago – La Chimba Hostel – Total: U$ 60 dólares

Total gasto com hospedagem: U$ 275,00 / R$ 630,00

Como você pode ver a hospedagem na Bolívia não entrou na soma, isso porque ele era incluso no pacote da viagem ao Salar de Uyunicomo você pode ver nesse post .

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Chegou a hora de ver quanto custaram os passeios pelo deserto + a viagem ao Salar de Uyuni. Só quero deixar claro que vou colocar aqui o valor cheio dos passeios. Em cima desses valores é muito provável que você consiga algum desconto. Isso vai depender da sua forma de pagamento, quantos passeios vai fazer e com quantas pessoas vai fechar o pacote.

Valle de la Luna + Vale de la Muerte:   16.000 Pesos Chilenos / R$ 77,00

Source: http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/175-quanto-custa-um-mochilao-na-america-do-sul-chile-e-bolivia


*****

Mochilao europa

Update. 13 de julho de 2014

Para a sua viagem ser inesquecível você precisa arregaçar as mangas e dar o seu melhor do início ao fim, do planejamento ao embarque: nada de curtir o bem-bom sem saber o porquê das coisas estarem sendo feitas daquela forma – toda viagem começa no momento em que você decide viajar :

Primeiro devemos escolher os países que serão conhecidos. Pegue o mapa político europeu e marque todas as cidades pelas quais você gostaria de passar.

Lembre-se que uma viagem apenas é pouco para conhecer todo o continente – entre Portugal e Rússia existe um mundo de possibilidades: comece sua viagem fazendo uma escolha sensata. leve em consideração o seu tempo de férias, uma média mínima de 60 euros de gastos diários e o quanto você pretende investir em hospedagem. Lembre-se que você deve ter uma proporção harmônica de disponibilidade de tempo e dinheiro.

Escolha cidades vizinhas ou grandes centros urbanos para fazer apenas os percursos mais longos de avião.

Minha dica é ficar ligado na cotação do euro e da libra o quanto antes, assim você terá um espaço de tempo maior para tentar fechar a compra no melhor momento. Todas as outras moedas europeias são desvalorizadas quando comparadas ao real.

Com o roteiro em mãos é hora de descobrir como chegar ao primeiro destino e de lá seguir viagem. Você pode comprá-las pela internet, ir na sua agência de confiança ou tratar diretamente com as companhias aéreas que disponibilizam aquele trecho. Lembre-se que existem alianças que permitem com que companhias aéreas parceiras disponibilizem trechos operados por outras empresas.

Para saber quem voa do Brasil para o país escolhido, faça sua pesquisa em um dos sites mencionados aqui. Suas pesquisas irão dizer se é mais ou menos conveniente chegar e sair do continente europeu pelo mesmo aeroporto – existem mil possibilidades, pesquise a que melhor te atende.

Clique aqui para saber como escolher o melhor assento no avião.

Com a passagem em mãos, compre um seguro de saúde que abranja todos os dias de viagem, do embarque ao desembarque. Existe uma forma de incluir amigos e parentes em uma mesma apólice e pagar menos por ela, clique aqui .

Clique aqui para saber como incluir câmeras, laptops e outros eletrônicos em seu seguro – o que é interessante não só para quem irá passar por um grande número de países, mas principalmente para quem irá passar por um grande número de albergues.

Essa é a parte do planejamento que mais gosto, que é quando geralmente novas cidades entram no roteiro. Suas viagens provavelmente serão feitas de trem ou avião. Leia minhas dicas e escolha como fazer cada trajeto levando em consideração preço, tempo de viagem e o que traz menos possibilidades de se tornar um pepino em suas mãos – não caia na tentação de encarar grandes desafios, principalmente quando você não se sente apto para isso: grandes viagens devem trazer tranquilidade e não aumentar o número de responsabilidades.

Se você pretende fazer trechos de avião, clique aqui e  aqui para as dicas de low-cost e como conseguir os melhores preços em trechos internos.

Assim que você souber como cada trajeto será feito e quanto tempo eles irão durar, pegue aquele roteiro que até então se resumia a uma lista de cidades e adicione datas em todas elas.

Esse é um dos momentos mais complicados do planejamento, mas também um dos mais divertidos: escolher onde se hospedar em lugares que você ainda não conhece. Clique aqui para saber como minimizar as suas chances de erro.

Source: http://www.rodei.com.br/mochilao-europeu-em-8-passos/


*****

Mochilao europa

Com certeza esse é um dos posts mais pedidos no blog e então resolvi dar ele de presente de Natal pra vocês Para ajudar quem está pensando em mochilar pela Europa. vou descrever aqui quais foram os meus gastos na minha primeira viagem. Lembrando que ela foi realizada entre março/abril de 2012 e incluiu França. Inglaterra. Holanda. Alemanha. Áustria e Itália. Mais detalhes sobre o roteiro você pode ver nesse post .

Eu decidi fazer uma viagem econômica. porém sem passar apertos. Não escolhi os hostels mais baratos, mas sim os que apresentavam o melhor custo benefício. Sempre avaliando a boa reputação do lugar, a segurança, localização e os serviços oferecidos. Decidi também realizar todas as viagens de trem, descartando ônibus ou avião, apenas por uma escolha pessoal.

Sem dúvidas é a mochila mais top da Deuter. que é uma marca reconhecida mundialmente. O valor dela está na faixa de R$ 1.300,00. É uma mochila que vai te acompanhar por muitos anos, em muitas viagens. Se você diluir esse valor em mais viagens, vai ver que vale a pena. Comprar essa mochila fora do Brasil pode ser uma opção, se a sua viagem permitir isso. Pra mim ficaria complicado e por isso comprei no jeitinho brasileiro: parcelado em 10x sem juros *risos.

Outro item que comprei foi a Transport Cover. que é uma capa protetora para a mochila. Se você quer que sua mochila dure bastante, vai ter que proteger ela bem, principalmente quando for despachar no aeroporto. Essa capa custa cerca de R$ 180,00.

Outros itens que também comprei na pré-viagem: uma pochete clássica, da Conquista, por R$ 49,90. E também uma pochete fina, que o pessoal costuma chamar de doleira, para usar por baixo da calça, por R$ 34,90.

Comprei um adaptador de tomadas por R$ 10,00 no mercado livre e por fim alguns remédios que não vou listar os valores aqui (remédio pra gripe, dor muscular, band-aid, dramin, etc).

Resumindo os valores para me ‘equipar’ para essa viagem:

Adaptador: R$ 10,00

Total: R$ 1.575,00

* lembrando que todos esses itens você só precisa comprar uma vez e vai usá-los por muito tempo.

Bom, agora vamos falar sobre passagens e seguros de viagem.

Se você tem uma flexibilidade para ajustar datas e destinos, sua passagem pode sair mais em conta. Agora, se você tem um roteiro definido e quer fazer ele dessa maneira, a passagem vai sair um pouco mais cara. Nesse post você encontra algumas dicas para economizar .

Só o fato de sair de Curitiba já encarece a passagem. Outra opção que escolhi que também deixa o valor mais alto são os múltiplos destinos, que é quando você parte para uma cidade e faz o retorno por outra.

O meu vôo ficou da seguinte maneira: Curitiba > São Paulo > Paris e a volta Roma > Paris > Rio de Janeiro > Curitiba. Chegar em Paris e voltar por Roma deixou a passagem mais cara, no total de R$ 2.324,00. Comparando com os valores de hoje até que não foi tão cara, já que na época o dólar estava mais baixo.

Quando você viaja para a Europa existe um seguro viagem que é obrigatório. Várias empresas oferecem esse serviço e, dependendo do seu cartão de crédito. você até pode ganhar o seguro assim que comprar a passagem. Nessa primeira viagem eu não ganhei, então escolhi a Mondial para fazer o meu seguro, que saiu por R$ 258,00.

Veja aqui tudo que você precisa saber sobre Seguro Viagem – lembrando que ao contratar o seu seguro com a Mondial. pelos links do blog, você ajuda a manter o blog ativo e não paga nada a mais por isso. Aproveite e ganhe 15% de desconto!

Falando em transporte, eu comprei, ainda no Brasil. algumas passagens e também o meu passe de trem. Como esse passe não inclui o Reino Unido, eu tive que comprar avulso as passagens Paris > Londres e Londres > Amsterdam. A partir desse ponto usei o Passe de Trem, que era um Select Pass 4 Países / 6 dias. Dentro das viagens com Passe de Trem eu precisei fazer duas reservas obrigatórias: para os trens noturnos de Amsterdam > Munique e de Munique > Florença. Se tiver dúvidas sobre o passe de trem, leia as dicas desse post . Os valores então ficaram assim:

Paris > Londres – comprado no site eurostar.com. 48,00 Euros

Londres > Amsterdam – comprado no site eurostar.com. 41,50 Euros

Select Pass 4 Países / 6 dias – comprado no site eurail.com. 266,00 Euros

Reserva Amsterdam > Munique – comprado no site raileurope.com. 35,00 Euros

Reserva Munique > Florença – comprado no site raileurope.com. 35,00 Euros

Totalizando um valor de 425,50 Euros de transporte durante a viagem.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Outro valor que levei separado foi o da hospedagem. Lembre-se que esses valores não são atualizados, são os que paguei em 2012:

5 Diárias – Paris – Oops Hostel – Total: 141,50 Euros

3 Diárias – Amsterdam – StayOkay Vondelpark – Total: 115,80 Euros

5 Diárias – Munique – Wombat’s – Total: 145,00 Euros

3 Diárias – Florença – Archi Rossi – Total: 110,00 Euros

Total gasto com hospedagem: 801,81 Euros.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Por fim tem o valor dos meus gastos por dia. Que incluíam atrações, alimentação, compras, transporte e o que mais eu fosse fazer.

Calculei um valor de 70 euros por dia para todas as cidades, exceto Londres que levei uma quantia em Libras. Como sempre me falaram que tudo era mais caro na Inglaterra, acabei levei 80 Libras para gastar por dia na cidade.

Então o meu total ficou da seguinte maneira:

23 dias / 70 Euros por dia: total 1.600 euros.

Para Londres, 5 dias / 80 libras por dias: total 400 libras.

Uma parte dos euros eu levei em espécie e outra parte num cartão pré-pago. As libras levei todas em espécie.

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Outros valores que tenho que considerar na viagem são os tickets de atrações que comprei ainda no Brasil:

• Torre Eiffel: 11,80 Euros

• London Eye + London Dungeon + Madame Tussauds: 62,00 Euros

• Museu da Anne Frank: 9,50 Euros

• Museu do Vaticano: 19,00 Euros

• Castelo Neuschwanstein: 35,95 Euros

Total com tickets antecipados: 138,00 Euros

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Vamos então a soma geral de gastos, considerando o Euro a R$ 2,40 e a Libra a R$ 3,00, que foi mais ou menos o que paguei na época:

Passagem áerea: R$ 2.324,43

Gastos com transporte: 425,50 Euros / R$ 1.021,20

Hospedagem: 801,81 / R$ 1.924,34

Atrações: 138.00 Euros / 331,80

Moeda: 1.600 Euros / R$ 3.840,00

Moeda: 400 Libras / R$ 1.200,00

Total gasto nesse mochilão: R$ 10.899,77

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Bom, nesse valor total não coloquei o valor da mochila e acessórios, que falei no começo do post, pois são coisas que considero como ‘gastos a parte’. Em outros mochilões não precisei gastar com eles novamente, então foram um investimento.

Esse valor definido por dia foi mais que suficiente, deu pra fazer ‘boas compras ‘ e ainda sobrou um pouquinho no final. Voltei pra casa com cerca de 50 euros no bolso.

Então claro que você consegue se virar com menos que isso e talvez precise de mais. Esse post é para deixar um pouco mais claro para vocês quanto se gasta, em média. em um mochilão pela Europa.

Espero que ajude no planejamento do sua viagem. Fique a vontade para tirar dúvidas aqui nos comentários.

Lembre de usar os links do blog para fazer sua reserva no booking . o blog ganha uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Grande abraço!!

Source: http://www.umviajante.com.br/guia-viajante/137-quanto-custa-um-mochilao-pela-europa

26.09.2020

New

31 2015 mar

Agencia de viagens tavares

Agencia de viagens tavares Nome do produtor História administrativa A Foto Sousa foi a primeira casa de fotografia a funcionar no concelho. Fundada em 1911, por Augusto Tavares de...

02 2015 abr

Alterar voo

Alterar voo O pagamento de reservas pode ser efectuado usando uma vasta selecção de cartões de débito ou crédito (para saber...

21 2014 feb

Promoçao azul passagens aereas

Promoçao azul passagens aereas Sejam bem-vindos a fan page da Azul Linhas Aéreas. uma das maiores empresas...

Popular on-line

Aviao da gol

Aviao da golO Boeing 737-800 da empresa Gol caiu, nesta sexta-feira no Mato Grosso com 155 pessoas a bordo. Os integrantes da Forзa ... Saber mais...

Booking voos

Booking voosA companhia aérea low cost Ryanair e o portal de reservas de hotéis Booking.com acabam de anunciar uma grande campanha de promoções ... Saber mais...

Empresas aereas curitiba

Empresas aereas curitibaCódigo da vaga: v1105269Nível hierárquico: Auxiliar/OperacionalLocal: Curitiba / PR / BRData de expiração: 13 de Fevereiro de 2015Atividades: Auxiliar de Aeroporto ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros