Companhias low cost portugal

Companhias low cost portugal

Administrador da TAP, Luíz Mór, queixa-se de que sem condições iguais para todos não há competição no sector

O presidente do Turismo de Portugal rejeitou as acusações de que o organismo concede apoios injustos ao sector da aviação, na sequência de declarações proferidas por Luíz Mór, administrador da TAP. Luís Patrão acrescentou que a transportadora aérea nacional também é beneficiária desses incentivos, recebendo, em média, 100 mil euros anualmente por cada rota.

No centro deste caso, estão os apoios concedidos tanto pelo Turismo de Portugal como pela ANA às companhias de baixo custo. Além de serem as que mais recebem incentivos ao abrigo de um programa criado pelo anterior Governo, em 2007, estarão a receber descontos nas taxas aeroportuárias e nos serviços de assistência em terra, como confirmou o presidente da Ryanair, Michael O"Leary, numa entrevista recente ao PÚBLICO.

A TAP acredita que este sistema, somado ao facto de se ter ponderado transformar um dos terminais do aeroporto numa infra-estrutura com preços mais reduzidos, poderá colocar o hub de Lisboa em risco, retirando valor à empresa, em vésperas de privatização. Em declarações prestadas ao PÚBLICO, Luíz Mór criticou várias entidades do sector, incluindo o Turismo de Portugal, por estarem a conceder subsídios "que não são justos" e pediu que fossem garantidas "condições iguais de competição" no sector.

Em reacção a estas declarações, o presidente do organismo público fez saber que, além das rotas da TAP que são actualmente apoiadas (Helsínquia, Moscovo e Varsóvia), a transportadora aérea estatal deverá receber em breve novos apoios. "Foi enviada uma candidatura para haver incentivos a quatro novas frequências (Viena, Manchester, Porto Alegre e Dortmund), que deverão passar a ser apoiadas porque são rotas com interesse turístico", afirmou Luís Patrão.

Mesmo que este cenário se confirme, a TAP passaria a ter, no total, sete rotas incentivadas ao abrigo do programa Iniciativa.pt, enquanto, no caso da Ryanair, por exemplo, são já 18 as frequências apoiadas, desde 2007. Ao PÚBLICO, o presidente do Turismo de Portugal disse ainda que, em média, estas companhias de aviação recebem "100 mil euros anualmente por cada rota", que são direccionados para campanhas de marketing.

Ryanair recebe mais

No caso da low cost irlandesa, terá havido ainda "outros contratos", assinados com entidades alheias ao Turismo de Portugal, nomeadamente para as ligações operadas no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, acrescentou. Apesar de não ter revelado os valores associados a estes compromissos, Luís Patrão assumiu que a Ryanair "deverá estar a receber mais" do que as restantes empresas.

Em breve, deverão ser anunciados novos contratos de incentivos, mas com a britânica Easyjet, que também pertence ao segmento de baixo custo. A companhia tinha anunciado a abertura de uma base aérea em Lisboa este ano, mas o projecto foi adiado para Abril. Em princípio, deverá criar cinco novas rotas no primeiro ano de operação, que estão a ser objecto de estudo para eventual apoio ao abrigo do programa criado em 2007.

Source: http://www.publico.pt/economia/jornal/presidente-do-turismo-de-portugal-contesta-acusacao-de-privilegios-as-companhias-low-cost-23039982


*****

Companhias low cost portugal

Patrícia Duarte

Já tem algum tempo que as companhias low cost vieram apostar em Portugal. Atualmente são vários os portugueses a abdicar do elevado conforto por uma viagem de custo mínimo. A ilha da Madeira também beneficia de passagens aéreas a custos baixos, um grande fator de desenvolvimento para o turismo de um dos lugares mais procurados do país. E os Açores?

Em 1941, foi fundada o Serviço Açoriano de Transportes Aéreos (SATA), a primeira e até hoje, única companhia área dos Açores  a voar para o arquipélago. Devido a isso mesmo, a SATA é uma das poucas empresas nos Açores que detém de um mercado de monopólio, o monopólio das transportadoras aéreas no espaço açoriano. Hoje em dia é coisa difícil de se ver.  Desde sempre que os açorianos são submetidos a preços elevados para irem ao espaço  continental, impedindo muitas vezes o fomento da relação entre o arquipélago e o continente.

Já foram várias as iniciativas e noticias a informar que companhias low cost viriam a apostar nos Açores ou os custos das passagens aéreas iriam reduzir. Mas não passaram de palavras e assim se foram passando os anos.

Os Açores são dos lugares mais bonitos de Portugal e também de mais difícil acesso. Mas o grande problema são os estudantes. As famílias açorianas têm feito até hoje o máximo para oferecer aos seus filhos a melhor educação possível, e muitos conseguem. Mas atualmente os dias não são tão fáceis. Estudar no continente torna-se cada vez mais difícil.

Hoje os estudantes açorianos recebem boas notícias. No ano de 2014, chegou-nos a notícia de que finalmente o governo iria liberalizar as rotas para os Açores. Mas os açorianos não fizeram disso grande festa, afinal já não é a primeira vez. Mas, ao que parece, a companhia britânica Easyjet, e a companhia vizinha, Ryanair, estão a querer apostar fortemente nos Açores, criando rotas para a maior ilha. Diz-se que as rotas começam já nos fins de Março, uma boa noticia para muita gente. Apesar das viagens low cost não serem as mais adequadas para quem viaja com grande bagagem, é verdade que facilita a vida a muitos dos estudantes e permite a frequência de visitas à família.

Mas nem tudo é um mar de rosas. As rotas inicialmente são apenas para a cidade de Ponta Delgada, a cidade mais populosa do arquipélago. Mas São Miguel não é a única ilha promissora. A ilha da Terceira é também um lugar em expansão e um dos maiores pontos turísticos do arquipélago, que não terá os mesmos benefícios. Mas a verdade é que tem que começar por algum lado.

No meio disso tudo, não se sabe que futuro se reserva para a SATA, que não deixa de ser dos açorianos. Uma empresa portuguesa criada nos Açores, que contribui para a nossa economia e não para a dos outros. É bom que as empresas estrangeiras apostem em Portugal, uma vez que é um fator de criação de postos de trabalho. Mas a verdade é que a maioria da riqueza criada por estas empresas não fica em Portugal.

A vinda das companhias low cost vai fomentar o turismo nos Açores, que será um grande progresso na economia açoriana, mas não temos conhecimento das consequências que trará para a transportadora aérea. Atualmente a companhia já possui o seu plano de reestruturação, que tem como medidas reduzir o número de frotas de aviões, que terá como consequência a redução de tripulação, ou seja, a redução de trabalhadores. A companhia dos açorianos tem que fazer mudanças para não ficar para trás.

Source: http://funchalnoticias.net/2015/03/13/companhias-aereas-low-cost-chegam-aos-acores/


*****

Companhias low cost portugal

As companhias “low cost” estão à frente das companhias tradicionais e atingiram uma quota de mercado de 36% em Portugal, avança o jornal “Público”. Em 2003, o valor limitava-se a 4%.

Este é o resultado de um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Aviação Civil, que regula o sector. A expansão das transportadoras de baixo custo teve início em 1995 com a chegada da Ryanair e da Air Berlin.

As razões para o sucesso têm que ver com os baixos preços e com o aumento do número de rotas. Actualmente, são vinte as operadoras a actuar em Portugal. Desde 2007 que o anterior governo lançou um programa de promoção de novas rotas, com incentivos financeiros às transportadoras aéreas, que tem beneficiado em grande parte o negócio do baixo custo.

A Easyjet e a Ryanair foram as operadoras que mais beneficiaram deste apoio.

Source: http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/companhias-low-cost-tem-cota-mercado-portugal-36

19.09.2020

New

31 2015 mar

Viagens na pascoa

Viagens na pascoa Redação em 7 de março de 2015 às 21:59 Faltando pouco menos de um mês para a Páscoa ainda é possível...

02 2015 abr

Trasavia fr

Trasavia fr Удобный поиск Лучшие стыковки Код IATA: HV Код ICAO: TRA Позывной: TRANSAVIA Порт приписки: Schiphol International Airpot (AMS), Амстердам Также эту авиакомпанию...

21 2014 feb

Passagens areas gol

Passagens areas gol Mais uma edição da promoção Cidades em Festa da GOL. Desta vez a cidade aniversariante que vai ganhar...

Popular on-line

Aviao da gol

Aviao da golO Boeing 737-800 da empresa Gol caiu, nesta sexta-feira no Mato Grosso com 155 pessoas ... Saber mais...

As melhores ofertas de voos baratos de todas as companhias aéreas e também low cost estão aqui

Actualmente para qualquer potencial viajante, passou a existir uma possibilidade de adquirir passagens aéreas para qualquer voo ... Saber mais...

Qual é a diferença entre a classe turística e classe executiva?

Hoje em dia podemos encontrar bilhetes acessíveis  praticamente em qualquer companhia aérea do mundo. Por exemplo: para ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros