Maiores empresas aereas

Maiores empresas aereas

A fusão entre a brasileira TAM (Transportes Aéreos Meridionais) e a chilena LAN Airlines está aprovada.

O negócio foi votado no último dia 15, pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão que regula a concorrência no Brasil

A união das empresas vai resultar na Latam, já considerada a maior companhia aérea do Brasil e da América Latina, e uma das maiores do mundo.

O Cade aprovou a fusão, mas fez algumas restrições, para evitar concentração de mercado pela nova empresa, que pudesse prejudicar a concorrência.

Com 40 mil funcionários e 220 aeronaves, a Latam deve oferecer transporte aéreo para 115 destinos em 23 países. A previsão é de que união aconteça no início de 2012. As companhias vão manter as suas marcas.

Source: http://www.rankbrasil.com.br/Recordes/Noticias/061S/Fusao_Entre_Tam_E_Lan_Cria_Uma_Das_Maiores_Empresas_Aereas_Do_Mundo


*****

Maiores empresas aereas

Sediada em Hong Kong, a chinesa Cathay Pacific Airways, foi considerada a melhor empresa aérea deste ano, segundo a Skytrax.

A empresa inglesa realiza há 25 anos a pesquisa mundial de empresas aéreas. Entre agosto do ano passado e maio deste ano, foram entrevistados 18,8 milhões de usuários, de mais de 105 nacionalidades.

Confira as 10 melhores empresas aéreas segundo a Skytrax .

Source: http://economia.ig.com.br/empresas/comercioservicos/2014-07-15/conheca-as-10-melhores-companhias-aereas-do-mundo.html


*****

Maiores empresas aereas

A  International Air Transport Association (Iata) divulgou hoje o World Air Transport Statistics (WATS), anuário com todos os dados da aviação mundial em 2013. A americana Delta Air Lines foi mais uma vez a maior companhia do mundo, com mais de 120 milhões de passageiros transportados. Em seguida aparecem a Southwest (115 milhões) e a surpresa da lista, a China Southern (91 milhões), que superou a United (90 milhões) e a American Airlines (86 milhões), desafiando a hegemonia americana no setor.

A lista pode ser a última que traz a American separada da US Airways, que aparece na décima colocação. Com a fusão concluída, as duas 146 milhões de passageiros transportados, mais que o suficiente para tirar da Delta o topo do ranking mundial.

Confira o ranking divulgado pela Iata:

Levando em consideração apenas os voos internacionais, a Ryanair aparece em primeiro lugar, com mais de 81 milhões de passageiros transportados, seguida por outra low cost europeia, a Easyjet, com 52 milhões, e pela Lufthansa, com 50 milhões. Já no ranking apenas de voos domésticos, a primeira colocada é a Southwest Airlines (115 milhões), seguida pela Delta (97 milhões) e China Southern (84 milhões).

O relatório revela ainda que foram transportados 3,129 bilhões de passageiros em voos regulares, o que representa um crescimento global de 5,1% em comparação a 2012. A região da Ásia e Pacífico foi a que teve mais passageiros transportados, com 1,012 bilhão, seguido da Europa (825 milhões), América do Norte (818 milhões) e América Latina e Caribe (240.5 milhões – crescimento de 7.6%).

O Brasil continua a ser o país com maior tráfego aéreo na América Latina, com 92,9 milhões de passageiros transportados, o que significa um crescimento de 4,5%. No topo da lista, os Estados Unidos teve 618 milhões de passageiros, seguido pela China, que chegou a 404 milhões com crescimento de 11.7%.

Source: http://www.melhoresdestinos.com.br/maior-companhia-aerea-mundo.html


*****

Maiores empresas aereas

Você já parou para pensar na relação entre turismo e mudanças climáticas? Pois é, para o nosso azar e azar do mundo, um dos maiores prazeres da vida pode ter um impacto significativo no clima, seja por meio do consumo de eletricidade em hotéis e restaurantes, de presentes e outros artigos, de energia para o transporte local, regional e internacional, dentre outros fatores que provocam o aumento na emissão de gases de efeito estufa (GHG).

No caso de transportes, a triste notícia é que como os aviões usam querosene derivado de petróleo como combustível, há uma significativa emissão de CO2 na atmosfera… A Agência Internacional de Energia (International Energy Agency. IEA), por exemplo, estima  que, em 2006, o setor de aviação (doméstica e internacional) emitiu cerca de 810 milhões de toneladas de CO2. correspondente a 12% das emissões totais do setor de transportes no mundo, e a tendência é esse número não parar de crescer. Além disso, estudos sugerem que o impacto da aviação no clima pode ser ainda maior, por causa da emissão de outros GHG, tais como NOx, CH4 e H20. e dos efeitos desconhecidos da interação dos GHGs na atmosfera.

Diante desses números, o que nós, reles viajantes, podemos fazer?

1. Quanto mais próximo melhor! Priorizar viagens para lugares mais próximos, pois, ainda que o cálculo de CO2 emitido por quilômetro seja complexo, ao diminuirmos o número de quilômetros percorridos, a emissão de CO2 será menor.

2. Precisa mesmo? Outro conselho é sempre refletir antes de comprar sua passagem – afinal, essa viagem é realmente necessária? Há outra maneira de chegar ao mesmo destino que não seja tão poluente? Dá para combinar viagens?

3. Sem escalas. Priorize o menor número de escalas possível, porque os aviões consomem mais combustível ao decolar e aterrissar.

4. Se eu não faço, alguém faz. Depois de passar pelos passos acima, a saída pode ser tentar compensar as emissões de CO2 do seu vôo.

Complicou? Bom, então vamos lá, uma coisa de cada vez. De maneira bastante simplificada, compensar suas emissões significa pagar para que alguém reduza as emissões que você não conseguiu reduzir por conta própria, por meio de projetos como o plantio de árvores (que consomem CO2 ) ou de fazendas eólicas (que emitem menos CO2 que fontes convencionais de energia). No caso das viagens aéreas, o cálculo do CO2 emitido é super complexo porque varia conforme a temperatura, condições e distância de vôo, idade e modelo da aeronave, disposição dos vôos, dentre outras variáveis.

Beleza, mas e aí, como posso compensar minhas emissões? Algumas empresas aéreas oferecem programas por meio dos quais as próprias companhias responsabilizam-se pela compensação das emissões de seus passageiros ou indicam alguma empresa que o faça. Assim, ao comprar a passagem, o cliente pode optar por pagar uma taxa adicional para que a empresa aérea invista em projetos que reduzam a emissão ou aumentem a absorção de CO2 , e assim compense as emissões do vôo. Obviamente, o valor a ser pago vai depender do trecho e das variáveis citadas acima, de modo que a compensação de um vôo SP-RJ seria mais barata do que SP-Nova Iorque, por exemplo.

Mas porque “seria”? Bom, o uso do tempo verbal acima foi proposital, porque as maiores empresas aéreas brasileiras ainda não oferecem programas de compensação de carbono.

Se a TAM, a Gol, a Azul não fazem, então quem faz? Várias companhias aéreas internacionais oferecem diferentes programas de compensação de carbono como, por exemplo, TAP. Lufthansa. British Airways.   Continental. Emirates. Copa. EasyJet e Virgin America. dentre outras tantas que não pesquisei.

E se a companhia área que escolhi não tem um programa de compensação, o que posso fazer? Bom, nesse caso, há a opção de contratar independentemente uma empresa para fazer a compensação. A boa nova é que estão pipocando várias empresas que fazem isso no mercado, mas, preste atenção. Antes de contratar qualquer empresa, tente obter maiores informações sobre a credibilidade da organização, pois, como qualquer outro negócio, tem gente que faz bem feito e gente que faz mal feito. Encontrei boas referências com relação às seguintes organizações: Carbon Fund e Climate Care. Notem, no entanto, que essa lista NÃO É EXAUSTIVA e NÃO É UMA GARANTIA!

Querosene, será que te quero tanto? Algumas companhias áreas estão buscando combustíveis alternativos e novas tecnologias para aumentar a eficiência energética dos aviões com o objetivo de reduzir a emissão de CO2. A TAM. por exemplo, tem realizado pesquisas e vôos experimentais com um biocombustível produzido a partir do óleo de pinhão manso, uma biomassa vegetal brasileira, que permite uma redução de 65% a 80% na emissão de carbono em comparação com o querosene. A British Airways, Emirates e a Aeromexico são outros exemplos de empresas que possuem programas para melhorar a performance energética de suas aeronaves e reduzir sua pegada de carbono no mundo. Por isso, ao comprar sua passagem, tente obter informações sobre a atuação da companhia aérea nesse sentido.

Mas, afinal, quem compensa vai para o céu? Bom, depois de tudo isso, é importante lembrar que a questão da compensação de carbono é controversa. Tem gente que acha que esse é um primeiro passo para conscientizar a sociedade civil sobre as mudanças climáticas, outros têm dúvida se essas iniciativas estão de fato beneficiando o meio ambiente. Também tem gente que acha que essa é só uma forma de limpar a consciência dos viajantes para que eles continuem viajando e poluindo mais… Enfim, há uma miscelânea de opiniões.

Por isso, o importante é tentar, cada vez mais, refletir sobre os impactos das nossas viagens, dos nossos hábitos de consumo, das nossas atividades; mudá-los se e quando possível; e exigir das empresas posturas cada vez mais sustentáveis! Esse é o nosso mundo, e nele a gente faz e acontece! Movimente-se!

Source: http://www.setemalas.com.br/pegadas-viajantes-pelo-mundo/

18.09.2020

New

31 2015 mar

Como comprar passagens aéreas pela internet

Como comprar passagens aéreas pela internet A Air Canadá é a única companhia aérea que oferece vôos diretos entre Brasil e...

02 2015 abr
21 2014 feb

Linhas áereas azul

Linhas áereas azul Atualizado: 10 de fevereiro de 2015 Interessados em vagas de emprego na Azul Linhas Aéreas. oportunidades de estágio e trainee...

Popular on-line

Aviao da gol

Aviao da golO Boeing 737-800 da empresa Gol caiu, nesta sexta-feira no Mato Grosso com 155 pessoas a bordo. ... Saber mais...

As melhores ofertas de voos baratos de todas as companhias aéreas e também low cost estão aqui

Actualmente para qualquer potencial viajante, passou a existir uma possibilidade de adquirir passagens aéreas para qualquer voo com condições ... Saber mais...

Qual é a diferença entre a classe turística e classe executiva?

Hoje em dia podemos encontrar bilhetes acessíveis  praticamente em qualquer companhia aérea do mundo. Por exemplo: para os estudantes ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros