Varig

Varig

VRG is the new name for Varig, the oldest airline of Brazil, established 80 years ago and based in Rio de Janeiro

Varig Airlines Following a radical reorganisation during 2006, a downsized Varig now operates to flights to 15 cities within Brazil and four international destinations. These include Brasilia, Manaus, Fernando de Noronha, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Sao Paulo,Vitoria, Curitiba, Florianopolis, Londrina and Portp Alegre. Outside Brazil Varig operate flights to Frankfurt, Toronto, Buenos Aires, Bogota and Caracas.

NEWS UPDATE:

Sao Paulo based low cost airline GOL has announced the full integration of VARIG, the airline it purchased in 2007 into a single airline company. See full details by opening the related link below Varig has been around forever and was once the best South American airline with annual awards to prove it.

We, at Alternative Airlines, want to see Varig recover from the recent troubles and re-emerge as an airline befitting this great brand. Currently the network is very limited but if you’re looking for flights to Brazil from Europe, the Frankfurt service is great value, as is the service from Toronto.

We are pleased to confirm that Alternative Airlines have an immediate on-line booking facility with the new Varig.

Varig’s current fleet consists of 25 Boeing 737’s and 2 Boeing 767-300ER’s. The airline also has a further twenty Boeing 737 aircraft on order.

Source: http://www.alternativeairlines.com/varig


*****

Varig

См. также в других словарях:

ВАРИГ —         (VARIG Viacaos Aereos Rio Grande (Do Sul)) частная авиакомпания в Бразилии, начала деятельность в 1927, ныне крупнейшая авиакомпания Бразилии. В 1927 34 с разрешения правительства выпускала собственные марки для оплаты авиапочтового… … Большой филателистический словарь

Словари немецкого языка — Содержание 1 Первые словари 2 Современные словари немецкого языка … Википедия

Немецкий язык/Словари — Содержание 1 Первые словари 2 Современные словари немецкого языка 2.1 Издательский дом Дуден … Википедия

МАРКИ ПОЛУОФИЦИАЛЬНЫЕ —         филат. назв. марок, вып. частными лицами или организациями, но с разрешения или согласия официальных властей, использ. совместно с марками гос. почты для оплаты дополнительных видов услуг. В первые годы развития авиации М. п. широко… … Большой филателистический словарь

МАРКИ ЧАСТНЫХ АВИАЦИОННЫХ КОМПАНИЙ —         почт, марки, вып. некот. авиакомпаниями для оплаты дополнительного сбора за перевозку самолетами компании (напр. СКАДТА, синдикатом «Кондор», ВАРИГ и др.) … Большой филателистический словарь

МакДоннел Дуглас — McDonnell Douglas Corporation Год основания 1967 Тип Публичная компания Расположение … Википедия

McDonnell Douglas — Сюда перенаправляется запрос «Douglas Aircraft Company». На эту тему нужна отдельная статья. McDonnell Douglas Corporation Тип Публичная компания … Википедия

МакДоннелл Дуглас — McDonnell Douglas Corporation Год основания 1967 Тип Публичная компания Расположение … Википедия

Макдоннел-Дуглас — McDonnell Douglas Corporation Год основания 1967 Тип Публичная компания Расположение … Википедия

Варих, Герхард — Герхард Варих Gerhard Wahrig Дата рождения: 10 мая 1923(1923 05 10) Место рождения: Бургштедт, Саксония Дата смерти … Википедия

Source: http://dic.academic.ru/dic.nsf/enc_tech/1808/%25D0%2592%25D0%25B0%25D1%2580%25D0%25B8%25D0%25B3


*****

Varig

SÃO PAULO (passou batido) – Faz alguns dias, mas ainda é tempo de lembrar dos 40 anos do primeiro grande acidente da aviação brasileira que teve repercussão mundial, a queda do Boeing 707 da Varig na aproximação de Orly. em Paris, em 11 de julho de 1973.

Foram 124 mortos, como indica o pequeno memorial ao pé de uma árvore no campo de cebolas onde o avião em chamas pousou. Salvaram-se 10 tripulantes e um único passageiro. O incêndio começou num banheiro, onde alguém jogou uma bituca de cigarro acesa. O fogo deu origem a uma fumaça negra que matou praticamente todo mundo intoxicado.

Os caminhões dos bombeiros do aeroporto demoraram para chegar porque entre a plantação de cebolas e a pista de Orly há uma autoestrada e não tem jeito de cruzá-la sem fazer um retorno de muitos quilômetros. E os bombeiros da pequena vila onde o Boeing conseguiu descer não tinham equipamentos adequados para combater um incêndio num avião.

O comandante daquele 707, quando voltou a voar, desapareceu num cargueiro da Varig sobre o Pacífico, anos depois. É um dos maiores mistérios da história da aviação  mundial, já que nunca se encontrou nenhum vestígio da queda.

No Boeing da Varig de Orly estavam muitas pessoas famosas. Entre elas Antonio Carlos Scavone, talvez o maior responsável por trazer a F-1 para o Brasil. Um relato detalhado do acidente está no livro “Caixa Preta”, de Ivan Sant’anna (Objetiva, 2000). Vale a pena ser lido.

Comentários (64)

SÃO PAULO (poupando tempo) – A American Airlines mudou o visual de seus aviões. No lugar do tradicional “AA” na cauda, vai agora uma bandeira dos EUA estilizada. O corpo das aeronaves, no entanto, permanece cromado, estilo McLaren, mas sem faixas horizontais e “American” bem grande na lateral da fuselagem, invadindo as janelas.

Source: http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/tag/varig/


*****

Varig

CALOTE -- Milharaes de funcionários da Varig que pagaram religiosamente sua contribuição para o fundo Aerus passam dificuldades, ganhando muito abaixo de suas necessidades -- e sobretudo abaixo do que deveriam

Artigo enviado por JC Bolognese , comissário de bordo aposentado da Varig, & Thomaz Raposo. presidente da APRUS – Associação dos Participantes e Beneficiários do Aerus

AERUS — OS ATOS DE OFÍCIO E O DOMÍNIO DOS FATOS

O julgamento do mensalão revela para os leigos como eu certas expressões que nos fazem pensar em como apanhamos igual a mulher de malandro, sem saber o que nem porquê.

Na constatação óbvia de que sofremos as consequências de maus atos alheios à nossa vontade – o domínio dos fatos que nos interessa – ficamos esses mais de seis sofridos anos sem sequer poder falar os nomes dos patifes que nos impuseram o calote no Aerus, o fundo de aposentadoria e pensão dos funcionários da Varig, e o indesculpável fim da Varig; de direitos de trabalhadores, da entrega de faturamento da indústria de transporte aéreo a empresas estrangeiras e por aí vai.

Os “atos de ofício”, provas materiais e contundentes, não são ativos que chegam com facilidade às mãos de trabalhadores e aposentados, aos quais cabem quando muito, apenas os “ossos do ofício”.

É assim que a gente descobre que, apesar de toda a sua estrutura – pelos custos que impõe ao cidadão – a Justiça não funciona para certas classes como a nossa, mesmo quando ela… funciona!

A decisão que responsabiliza a União com relação aos aposentados do Aerus tomada pelo Meritíssimo juiz Dr. Jamil Rosa de Jesus Oliveira, da 14ª Vara Federal do Distrito Federal no dia 13 de julho passado, ainda corre por vias desconhecidas e tortuosas, teimando em não se materializar como fato.

Isso fica demonstrado por mais uma tentativa da Advocacia Geral da União ao entrar com mais um recurso, embora já negado anteriormente, para retardar a ordem judicial que já devia estar sendo cumprida, colocando em dia os benefícios dos aposentados do Aerus.

“Esta (im)postura demonstra apenas a falta de entendimento pela AGU de que a UNIÃO na verdade somos nós, que deveríamos estar protegidos por ela e não o governo que é sazonal.

Ao defender os interesses dos que não cumprem com suas obrigações e deveres, incentivam a incompetência e falta de seriedade das agencias reguladoras.”

Para um governo que adora proclamar “Tortura Nunca Mais”, é inaceitável que continue a torturar os ex-trabalhadores da Varig e os aposentados do Aerus, na sua maioria senhoras e senhores na faixa de setenta anos de idade.

Tortura Nunca Mais?

E a Justiça, quando?

É um escândalo terem os advogados dos aposentados que entrar com uma outra ação para que se cumpra uma determinação judicial que já traz em si toda a legitimidade necessária.

Aqui o “domínio dos fatos”, isto é, os mais de seis anos de calote, a fraude do desvio da chamada terceira fonte de recursos do Aerus – explicamos abaixo — e, pior que tudo, todas as desgraças impostas aos aposentados, não está sendo levado em conta.

Observem que o Aerus foi criado nos anos 80 para possibilitar a aposentadoria na área de aviação, eis que comandantes de aeronaves e auxiliares estavam no limite de aposentadoria, mas não tinham a condição de se aposentar pelo INSS e assim foi criada uma fonte (chamada na época de terceira fonte ou seja 3% sobre a receita voada no BRASIL, por 30 anos) que sustentaria a referida aposentadoria que teria seu início a partir do ano de 1987.

(O interessante aqui, é que esta TERCEIRA FONTE era oriunda da mesma atividade, isto é, da aviação. Se formos observar os vários benefícios “pendurados” no caixa do INSS, embora moralmente defensáveis como a aposentadoria rural, todos eles careciam de um fonte de custeio e de um prazo de capitalização, antes de serem concedidos.)

Não resta dúvida que “atos de ofício” para destruir a Varig, quebrar o Aerus e fraudar os participantes do fundo de pensão, houve aos montes. Papéis foram assinados, documentos trocados e decisões tomadas. Nada de que nós, trabalhadores e aposentados, possamos lançar mão para provar que fomos roubados.

Nem deveríamos precisar disto, haja vista que o único documento representativo de um “ato de ofício” deveria ser o nosso contracheque. Prova incontestável do nosso vínculo com a Varig e recibo legítimo de nossas contribuições ao Aerus, bastaria ele – o contracheque – para provar a qualquer autoridade o nosso direito a uma aposentadoria complementar decente e sem riscos.

Depois de passar por todo esse sofrimento, se ele passar de fato, é natural que as pessoas queiram voltar a viver e esquecer um passado tão triste. Até mesmo perdoar não deixará de ser uma prova de superioridade moral da parte de quem foi vítima. Mas não podemos esquecer que o futuro pertence mais às gerações vindouras do que a nós. E que mesmo o nosso futuro de aposentados também merece cuidados, pois não podemos permitir que no tempo que nos resta viver sejamos de novo atropelados por outro calote perpetrado pelos mesmos malandros ou por suas crias.

O que defendemos é que se mantenha vigilância sobre uma eventual nova situação a que estejamos sujeitos. E se detectarmos qualquer fraude, corramos a anotar os nomes dos responsáveis e levá-los à Justiça, ainda que duvidosa.

Os delitos a que nos acostumamos achar de difícil punição no Brasil, em países mais sérios dá cadeia. Era o que mereciam esses calhordas que nos colocaram nessa situação. Isto não é vingança, é apenas maturidade cívica.

Nesta terça-feira (21/8), os diretores sindicais da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação da CUT (Fentac/CUT) e dos sindicatos de aeronautas e aeroviários, Celso Klafke e Graziella Baggio, reuniram-se em Brasília com os advogados do escritório do Dr. Castagna Maia para discutir a ação do Aerus. Após a reunião, os advogados postaram no blog o texto “o motivo do silêncio”. no qual relatam os acontecimentos da última semana.

Após a decisão da justiça a favor dos aposentados do Aerus, a AGU (Advocacia Geral da União) informou que já havia solicitado à Previc (Secretaria de Previdência Complementar) informações sobre quanto custaria cumprir a decisão para a União. Todavia, a AGU também entrou com pedido de suspensão de liminar para cassar a antecipação de tutela conquistada pelos aposentados.

Diante do recurso, o escritório do Dr. Maia imediatamente apresentou à Justiça, nos autos da ação, um memorial da defesa dos trabalhadores, para justificar os motivos pelos quais a suspensão não deveria ser concedida. Na terça, às 18 horas, saiu a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), mantendo a antecipação de tutela.

A decisão afirma que “não há motivos para que a sentença não produza seus efeitos, frustrando, mais um vez, justas expectativas de aposentados e pensionistas de perceberem a complementação de seus proventos após o julgamento do mérito da Ação Civil Pública 2004.34.00.010.319-2 na primeira instância, como decidiu a Suprema Corte no Agravo Regimental na Suspensão de Liminar 127-2, em 14/04/2010″, e indefere (nega) o pedido da União.

O escritório esclarece que a AGU ainda pode ingressar com recurso, porém sem efeito suspensivo. Assim, a expectativa dos sindicalistas é de que a União pague as pensões e aposentadorias já no próximo mês. E, caso isso não ocorra, os sindicatos cutistas e a Fentac/CUT, através do escritório do Dr. Maia, tomarão as medidas judiciais necessárias. Os sindicalistas seguem em Brasília para conversar com senadores e demais autoridades em defesa dessa solução para o caso Aerus.

Os sindicatos cutistas e a Associação de Pensionistas da Transbrasil ingressaram com a ação em 2004. Ganharam a tutela antecipada em 2006. A AGU derrubou a antecipação de tutela em 2008. Em 2010, houve audiência no Supremo Tribunal Federal (STF), na qual a Suprema Corte, no Agravo Regimental, decidiu pela suspensão da liminar. Em 2012, no dia 13 de julho, é julgado o mérito da ação, a favor dos aposentados e pensionistas, pelo juiz Jamil Rosa de Jesus Oliveira, da 14ª Vara Federal do DF.

LEIAM TAMBÉM:

Source: http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/post-do-leitor-heranca-maldita-e-tragedia-pessoal-dos-aposentados-da-varig-agora-esbarra-em-nao-cumprimento-de-decisao-da-justica/

13.11.2018

New

31 2015 mar

- Cicerone Guest House (Via Guelfa, 45)

Viagem florença Outros Destinos Em meio às belíssimas estradas da Toscana está Florença, uma das cidades mais importantes da Itália e que ajuda a ampliar a divulgação dos...

02 2015 abr

Bonito matro grosso do sul

Bonito matro grosso do sul Lagoa Azul, Bonito, Mato Grosso do Sul / Foto: Embratur Bonito, Mato Grosso do Sul / Foto: Embratur Rio Sucuri, Bonito, Mato Grosso do...

21 2014 feb

Pacotes baratos

Pacotes baratos Melhor resposta:   Lulis, a Sonar Viagens não é de Porto Alegre, e sim SP/RJ, mas te atendem pois basta fazer a conexão...

Popular on-line

Contato trip linhas aereas

Contato trip linhas aereasUma das principais companhias aéreas do Brasil, a TRIP Linhas Aéreas foi fundada ... Saber mais...

Voos baratos de madrugada

Voos baratos de madrugadaHome / Passagens Aéreas Promocionais / Viajar de Madrugada é Alternativa para Vôos ... Saber mais...

Rap10 passagens aereas

Rap10 passagens aereasA internet tem facilitado à vida das pessoas nas diferentes áreas do comercio e ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros