Passagem de aviões

Passagem de aviões

RIO - A Síria anunciou na noite deste sábado que vetará em seu espaço aéreo voos de companhias aérea turcas, informa a "BBC". A ordem vem apenas alguns dias depois de a Turquia interceptar um avião sírio, afirmando que o carregamento era de munição russa para o exército.

Veja Também

O ministro de relações exteriores da Síria anunciou na TV estatal que o veto estaria valendo a partir da meia-noite deste sábado.

A tensão é crescente entre os dois países desde alguns incidentes na fronteira. Na semana passada, por dias, houve tiroteio na região depois que cinco civis turcos foram mortos por um bombardeio sírio. O governo da Turquia pediu então a demissão do presidente Bashar al-Assad, após o incidente.

A decisão de banir os voos turcos é uma retaliação a uma ordem semelhante vinda de Ancara, disse o ministro de relações exteriores. A Turquia não anunciou um veto, apesar de afirmar que continuará interceptando voos que possam ter cargas militares suspeitas.

Source: http://oglobo.globo.com/mundo/siria-veta-passagem-de-avioes-turcos-por-seu-espaco-aereo-6393025


*****

Passagem de aviões

13/10/2012 às 22:26 - Atualizado em 13/10/2012 às 22:26

Proibição atinge aeronaves da companhia Turkish Airlines (Turkish Airlines/Divulgação/Viagem e Turismo/VEJA)

A Síria proibiu neste sábado que aviões civis da Turquia entrem em seu espaço aéreo, em resposta a uma medida semelhante tomada por autoridades turcas. O anúncio do governo sírio foi divulgado pela Sana, a agência de notícias oficial do país, citando o Ministério das Relações Exteriores.

"Após uma decisão do governo turco de proibir os voos da aviação civil sobre o território da Turquia, e seguindo o princípio de reciprocidade, o governo sírio decidiu proibir os voos comerciais turcos sobre o território da Síria a partir da meia-noite deste sábado", informou a agência.

O governo turco não chegou a anunciar nenhum veto a voos civis sírios, mas obrigou um avião de passageiros sírio procedente de Moscou e com destino a Damasco a fazer um pouso de emergência em Ancara na última quinta-feira, por suspeita de transportar armas. O veto faz parte de uma escalada de tensão na fronteira entre os dois países, que começou na semana passada quando uma bomba síria caiu em território turco e matou cinco civis.

Source: http://veja.abril.com.br/noticia/mundo/siria-proibe-voos-da-turkish-airlines-imprensa-2/


*****

Passagem de aviões

Lisboa, 17 Jan (Lusa) - Vбrias habitaзхes da regiгo de Penamacor ficaram danificadas quarta-feira а noite alegadamente devido a exercнcios de aviхes militares, que jб estб a averiguar o incidente, disse hoje а Lusa o porta-voz da Forзa Aйrea.

Lusa |

7:56 Quinta feira, 17 de janeiro de 2008

Lisboa, 17 Jan (Lusa) - Vбrias habitaзхes da regiгo de Penamacor ficaram danificadas quarta-feira а noite alegadamente devido a exercнcios de aviхes militares, que jб estб a averiguar o incidente, disse hoje а Lusa o porta-voz da Forзa Aйrea.

O tenente-coronel Antуnio Seabra disse hoje а agкncia Lusa que a Forзa Aйrea recebeu do Comando Distrital de Operaзхes de Socorro (CDOS) de Castelo Branco a informaзгo de que alguns populares da zona de Penamacor se terгo queixado, cerca das 20:00, de ruнdo intenso causado pela passagem de aviхes a baixa altitude e a grande velocidade, provocando estragos em habitaзхes.

"Recebemos a informaзгo do CDOS mas a ъnica coisa que posso confirmar й a de que aviхes da Forзa Aйrea estiveram em exercнcios naquela zona durante a tarde e noite", disse o responsбvel, salientando que jб foram accionados todos os mecanismos para averiguar o incidente.

Contactada pela agкncia Lusa, fonte do CDOS de Castelo Branco confirmou ter sido alertado pela GNR de Penamacor do incidente que terб causado estragos em habitaзхes e a morte de alguns animais.

"A informaзгo que temos й que terгo morrido alguns coelhos devido ao impacto do ruнdo causado pela passagem dos aviхes", contou Catarina Monteiro do CDOS.

Por seu turno, a GNR de Penamacor adiantou а Lusa ter recebido vбrias queixas ao inнcio da noite de quarta-feira referentes ao ruнdo e a estragos nas habitaзхes provocado pelos aviхes.

"As pessoas ligaram por causa do ruнdo. Sentiram medo", disse a mesma fonte, remetendo para mais tarde dados sobre o incidente uma vez que ainda nгo foi feito o levantamento dos estragos.

Lusa/Fim

Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter

Source: http://expresso.sapo.pt/penamacor-varias-habitacoes-danificadas-apos-passagem-de-avioes-a-baixa-altitude%3Df218421


*****

Passagem de aviões

Publicado: 13.12.2005 | 19:13 (GMT)

Freitas do Amaral garante que não há motivos para suspeitar da passagem de aviões da CIA por Portugal.

“O Governo português não tem qualquer indício de que tenham passado por Portugal quaisquer aviões com as características apontadas pela imprensa”, no caso dos alegados voos da Central Intelligence Agency (CIA), afirmou hoje, terça-feira, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Freitas do Amaral, numa reunião conjunta da Comissão dos Negócios Estrangeiros e da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

No que toca à existência de prisões clandestinas em Portugal, Freitas do Amaral referiu que o Ministério da Justiça garantiu que “desde 11 de Setembro de 2001 não entrou em estabelecimentos prisionais portugueses qualquer suspeito de terrorismo”.

De acordo com o ministro, o Estado português nunca recebeu sequer solitações por parte dos EUA de sobrevoos ou aterragens de aviões com as características apontadas pela imprensa.

Freitas do Amaral garantiu, também, que “não há no Ministério dos Negócios Estrangeiros qualquer pedido” de aviões a serviço da CIA que tivessem como destino países onde houvesse suspeitas de torturas. Apesar disso, o ministro esclareceu que “o destino final dos voos não é da responsabilidade” das autoridades portuguesas.

O ministro dos Negócios Estrangeiros prestou detalhados esclarecimentos sobre as condições necessárias para a prestação de autorizações a aviões norte-americanos para o sobrevoo ou aterragem em território português e explicou que os voos indicados pela imprensa são voos civis, que entram na área de responsabilidade do Instituto Nacional de Aviação Civil.

Freitas do Amaral assegurou também que em caso de escala técnica, de portas encerradas, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras não tem poder para inspeccionar o interior da aeronave.

Embaixadas negam voos

O membro do Governo revelou que, apesar de ter tomado todas as medidas de investigação necessárias para averiguar a existência dos alegados voos secretos da CIA, decidiu inquirir os responsáveis norte-americanos na embaixada dos EUA em Lisboa e na embaixada portuguesa em Washington.

Os diplomatas norte-americanos terão garantido “que nunca em território português foi cometida uma violação do direito internacional”. Freitas do Amaral demonstrou, seguidamente, que não tem razões “para duvidar da veracidade” das afirmações dos responsáveis dos EUA e como tal ficou satisfeito com as suas respostas.

Apesar das suas declarações, Freitas do Amaral concluiu a sua intervenção perante a Comissão parlamentar afirmando que “se em qualquer momento vier a ser descoberto pelo Estado português ou por outrem algum facto ou factos que contrarie o conteúdo da declaração” que fez hoje o Governo compromete-se a comunicar “o facto ou factos à Assembleia da República”.

Source: http://jpn.up.pt/2005/12/13/governo-nao-tem-provas-da-passagem-de-avioes-da-cia-por-portugal/

27.06.2022

New

31 2015 mar

Pacotes de hotel

Pacotes de hotel Os Pacotes com Hotel Global Journey foram feitos especialmente para aqueles que desejam curtir e...

02 2015 abr

Trip viagens

Trip viagens 28 min atrбs Os usuбrios do Galaxy S5 podem ser os mais interessados em adquirir um...

21 2014 feb

Tarifas aéreas

Tarifas aéreas Miércoles 23 de Enero, 2013 México podría registrar este año el incremento en las tarifas aéreas más bajo...

Popular on-line

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros