Bilhete de avião low cost

Bilhete de avião low cost

Os bilhetes de avião Ryanair por menos de 10 euros estão de regresso.

A companhia aérea low cost está a promover mais uma grande promoção de voos baratos anunciando um milhão de lugares a 9,99 euros por trajeto para períodos de partida durante os meses de Maio e Junho.

A Ryanair oferece ligações a partir do Porto e de Faro para mais de 30 destinos europeus numa área que se estende desde as Canárias até à Escandinávia.

A partir da Cidade Invicta pode viajar ao preço mais barato para Bordéus, Bristol, Faro, Girona (Barcelona), Gran Canária, Lille, Madrid, Marselha, Milão (Bergamo), Pisa, Tenerife-Sul, e Tours.

Com saídas do aeroporto de Faro os destinos por 9,99 euros são: Billund (Copenhaga), Bristol, Hamburgo-Lubeck, Leeds, Maastricht, Madrid, Marselha, Milão, Oslo (Rygge), e Porto.

Bilhetes de Avião Baratos na Ryanair

Existem ainda outros destinos com voos baratos, nomeadamente para Bremen, Bruxelas, Dusseldorf, Edimburgo, Frankfurt, Liverpool, Londres, Paris, Eindhoven, Dublin, ou St. Etienne (Lyon) com tarifas a partir de 13,99 €.

As tarifas anunciadas pela low cost Ryanair já incluem todas as taxas e encargos obrigatórios, No entanto, se optar pelo transporte de bagagem de mão, efectuar a compra do seu bilhete de avião com cartão de crédito ou optar pelo embarque prioritário, deve ter em consideração que existem acréscimos ao valor final da tarifa.

Esta promoção de bilhetes de avião baratos da Ryanair é válida até quinta-feira à meia-noite. Conheça ainda outras ofertas de voos low cost na Ryanair.

Source: http://www.destinosdeaviao.com/ryanair-bilhetes-aviao-menos-10-euros/


*****

Bilhete de avião low cost

Conselhos para viajar barato

Gostas de viajar? Ir de viagem para um novo pais pode ser barato. Como? Muito simples: é só aprender como procurar as melhores ofertas de bilhetes de avião baratos. liligo.com é o lugar certo aonde começar a procurar o teu bilhete: uma ferramenta gratuita, que te permite de procurar as melhores ofertas da web, iniciando uma pesquisa que analisa simultaneamente centenas de sítios especializados em viagens. Aqui te deixamos alguns conselhos adicionais que te podem ajudar a procurar voos.

Conselho n°3: Evita os custos extra

A maioria das companhias aéreas, sobretudo as low cost, cobram custos adicionais fora do preço do bilhete de avião. Por outro lado, as companhias regulares são cada vez mais restritivas em relação do peso das bagagens, portanto é aconselhável ser particularmente cuidadosos no momento de preparar a mala, antes de partir. Além disso, é conveniente evitar todos os custos adicionais propostos por estas empresas: comidas a bordo, taxas por facturação, por forma de pago o emissão do teu bilhete.

Conselho n°4: sejas flexível com as datas do teu voo

Uma das chaves para conseguir voos económicos é a flexibilidade. É possível reduzir o preço de forma significativa utilizando a opção de +/- 3 dias. Por exemplo, se vais de ferias de sábado a sábado, tenta comparar as tarifas com as a segunda. Quanto mais és flexível, tanto mais é possível encontrar soluções baratas.

Conselho n°5: Informa-te acerca das novidades de viagem na net!

Encontrar bilhetes de avião baratos requer controlo dos fluxos de informação. Podes fazer-lo através de Facebook, Twitter, de emails promocionais e blogs de viagens: chegou o momento de iniciar pesquisas na web e prestar atenção às ofertas das companhias aéreas. Além disso, controla sempre as promoções activas: concursos transparentes para ganhar um voo grátis. códigos de desconto. Um último conselho: regista-te nos programas de fidelização on-line das companhias aéreas, para ganhar voos de graça com as milhas acumuladas.

Source: http://www.liligo.pt/bilhetes-de-aviao.html


*****

Bilhete de avião low cost

    Partilhar Partilhar Partilhar Pin it
As transportadoras aéreas 'low cost' oferecem preços irresistíveis, mas será que compensa sempre? Conheça a resposta.

Pai, mãe, filhos, famílias inteiras, pessoas de classes sociais mais desfavorecidas, jovens estudantes e idosos. As transportadoras aéreas ‘low cost’ vieram democratizar o acesso às viagens de avião e prova disso é que, no ano passado, 216 milhões de pessoas voaram recorrendo a estas companhias europeias, o que representa um aumento de 6,7% quando comparado com 2012, de acordo com estatísticas da Associação Europeia de Linhas Aéreas Low Cost (ELFAA). Conheça 10 sites para planear férias baratas e perfeitas

O motivo pelo qual estas companhias aéreas continuam a conquistar novos clientes, mesmo em tempos de crise, prende-se com o preço. As empresas ‘low cost’ disponibilizam voos para destinos em todo o mundo por custo mais reduzido face ao preço cobrado por companhias aéreas tradicionais. Só para ter um exemplo, uma pesquisa de um voo Lisboa-Paris, ida e volta, em Setembro, numa companhia aérea tradicional (que automaticamente inclui bagagem e taxas) custa 138,66 euros. Enquanto a mesma pesquisa numa companhia aérea ‘low cost’ custa 51,98 euros, menos 167%.

‘Low cost’: o que esperar?

Estes preços são possíveis uma vez que ao comprar bilhete numa companhia aérea ‘low cost’ apenas paga a deslocação, tudo o resto é pago à parte, pois apenas fornecem o básico. No geral, só pode transportar uma pequena mala de mão, se a bagagem for grande terá de a despachar para o porão o que representa um custo extra, muitas vezes significativo. Também não existem pequenas refeições a bordo gratuitas e se quiser ler uma revista terá de a pagar.

Para além destes confortos durante a deslocação, há ainda outra variante a equacionar quando vai comprar um bilhete de avião. Muitas vezes, para manterem os preços baixos, as transportadoras aéreas ‘low cost’ viajam para os aeroportos secundários, mais longe do centro da cidade, o que significa que as contas deverão ser feitas contabilizando os gastos extra em transportes para o local escolhido. Mantendo o exemplo referido (Lisboa-Paris), enquanto a companhia ‘low cost’ aterra no aeroporto de Beauvais-Tillé, a 65 quilómetros de Paris, a companhia aérea ‘tradicional’ aterra no aeroporto Charles de Gaulle, que fica a cerca de 35 quilómetros da capital francesa. Terá ainda de contar com as taxas adicionais a pagar, como por exemplo: Se quiser enviar a bagagem para o porão, se quiser escolher o lugar no avião, se fizer o check in ao balcão, em vez de o fazer pela internet, ou se pagar a viagem recorrendo ao cartão de crédito ou débito como meio de pagamento.

Pegando no exemplo acima referido, a viagem Lisboa-Paris que à partida custaria 51,98 euros, ao incluirmos taxas de bagagem, de marcação de lugar e pagamento com cartão de crédito passa a 116 euros. Ou seja, neste caso, o nível de poupança entre optar por uma companhia ‘low cost’ e uma transportadora tradicional é bem menor face aos valores iniciais – representando apenas uma poupança de 22 euros face ao preço do bilhete comprado na transportadora aérea “tradicional”.

Atenção à informação

Recentemente a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, Deco, analisou sites de cinco companhias aéreas ‘low cost’ e de quatro agências de viagem de venda online, tendo detetado falhas na informação prestada ao consumidor. Segundo esta entidade, a informação é incompleta, omite os direitos dos passageiros e não existem serviços de apoio suficientemente capazes para ajudar os consumidores. A Deco alerta ainda para as disparidades entre o preço inicialmente anunciado e o efetivamente cobrado. Cuidados a ter na marcação de férias pela internet

Para compensar…

Se compensa ou não viajar em ‘low cost’, cabe ao consumidor decidir. Se o objetivo é apenas deslocar-se de um sítio para o outro, por poucos dias (não necessitando de muita bagagem), pode compensar fazer a viagem através das transportadoras aéreas ‘low cost. Mas, para que possa ser financeiramente proveitoso, há alguns aspetos que deve ter em consideração, nomeadamente as taxas adicionais que nem sempre são óbvias durante o ato da reserva. Se quiser evitar esta despesa extra, saiba o que fazer.

- Tudo começa na pesquisa para a viagem. Para que o preço seja o mais baixo possível deverá optar por viajar cedo ou ao fim da noite e durante a semana (terça ou quinta feira), uma vez que estes voos são mais baratos, dado que existe mais disponibilidade de lugares.

- Faça o check in através da internet, evitando os custos adicionais nos balcões dos aeroportos. Não se esqueça depois de imprimir o cartão do embarque.

- Quando está a comprar o bilhete, evite pagar mais por escolher um lugar no avião. Em vez disso, no dia da viagem chegue antecipadamente ao aeroporto e seja dos primeiros a entrar no avião, por forma a poder escolher o lugar que mais lhe apraz.

- Se vai apenas dois ou três dias de viagem, seja comedido na hora de fazer a bagagem. Informe-se antecipadamente de quais as dimensões máximas (peso, comprimento e largura) que a companhia aérea permite que leve consigo. Procure cumprir escrupulosamente as dimensões da bagagem, porque se a mala tiver mais um centímetro do que o estabelecido pela empresa, muito provavelmente terá de pagar a taxa de bagagem para embarcar as malas.  Leia o texto Como garantir que não paga excesso de bagagem?

- Não se esqueça de colocar na mala uma pequena refeição preparada de casa, algo simples para não ter de pagar mais caso fique com fome durante a viagem.

- Outra dica importante: Seja bastante pontual no dia do voo, porque as companhias aéreas ‘low cost’ são muito rigorosas e não costumam esperar por clientes atrasados.

Leia também:

Conflitos em férias: Onde reclamar e quem o pode ajudar?

Source: http://lifestyle.sapo.pt/vida-e-carreira/dinheiro-e-carreira/artigos/viagens-low-cost-o-que-saber


*****

Bilhete de avião low cost

À procura de viagens de avião low-cost. Quer saber como conseguir uma viagem de avião barata. Como pode obter o melhor preço? Pois bem, neste artigo vamos partilhar consigo algumas dicas sobre como reduzir os custos da sua viagem de avião.

Seja o seu próprio agente de viagens. Não reserve o primeiro voo que lhe aparecer.

Compare preços de diferentes companhias aéreas, procure possíveis promoções em vigor e pergunte por descontos.

Algumas companhias aéreas praticam descontos a estudantes e seniores mas nem sempre os mencionam.

Mesmo que esteja interessado em apenas bilhete de ida, veja o preço do bilhete de ida e volta pois, por vezes, é mais barato.

Por exemplo, no website LowCostRoutes.com pode encontrar uma lista de todas as companhias aéreas de modo a facilmente poder comparar os preços e horários e escolher o voo que melhor se adequa ao seu interesse.

Na maioria das vezes quanto mais cedo se comprar o bilhete melhor preço se conseguirá.

O preço dos bilhetes normalmente sobe aos 21, 14, 7 e 3 dias antes da viagem, por isso ao planear a viagem o ideal é tentar reservar antes destes deadlines.

Numa viagem internacional, no entanto, o ideal é comprar com 3-6 meses de antecedência.

Mas nem sempre se consegue o melhor preço ao comprar com antecedência.

Se tiver flexibilidade na data da viagem pode beneficiar bastante ao esperar por promoções de última hora.

Muitas companhias aéreas fazem preços reduzidos para conseguirem encher os seus voos.

Por vezes, se alterarmos a data de partida por uns dias apenas, ou se seguirmos determinados critérios, podemos conseguir melhores preços.

Os dias mais baratos costumam ser as terças, quartas e sábados e os mais caros, as sextas e domingos.

Se evitarmos alturas de férias escolares onde as companhias aéreas esperam ter mais passageiros e por isso aumentam os preços, conseguiremos também melhores preços.

É mais barato viajar em voos logo de manhã cedo, à hora do almoço ou do jantar assim como viajar de noite.

A utilização de aeroportos secundários, mais pequenos e mais afastados do centro da cidade, que apresentam taxas inferiores, permitirá obter bilhetes a preços mais baixos.

Tenha, no entanto, atenção ao preço dos transportes que terá de apanhar para o aeroporto ou para o centro da cidade, para ver se realmente compensa recorrer a estes aeroportos.

Voos com escalas são normalmente mais baratos do que voos diretos. No entanto, tenha em consideração que terá de recolher a sua bagagem no aeroporto de escala e de fazer novo check-in.

Se o primeiro voo se atrasar, muitas companhias low-cost não se responsabilizam pela perda do voo de ligação.

Assegure-se de que terá tempo suficiente entre voos.

Todas as companhias aéreas low-cost cobram uma taxa pelo uso do cartão de crédito. Sempre que possível, faça o pagamento com cartão de débito.

Confirme sempre se o preço que lhe é apresentado é o preço final. Muitas companhias aéreas mostram o preço sem as taxas de combustível e de aeroporto.

Nos bilhetes com a menor taxa de voo não se pode modificar os detalhes do voo sem se efetuar um pagamento extra.

Se está com dúvidas sobre a data de partida e se pensa que poderá ter de efetuar alguma alteração ou mesmo cancelar o voo, poderá beneficiar de um bilhete um pouco mais caro mas com uma política de cancelamento mais flexível.

Quando o check-in é efetuado online, para além de evitar filas, normalmente as companhias low-cost não cobram nada pelo check-in, e poderá na mesma deixar a sua bagagem de porão num balcão específico no aeroporto.

Calcule bem o peso da sua mala para não ter de pagar mais pelo peso extra.

Dependendo da companhia, poderá levar entre 15-25 na mala do porão. Para o evitar tente pesar a mala em casa e poderá sempre optar por levar vestido o seu casaco e os seus sapatos mais pesados.

Se, por outro lado, não precisa de mala de porão, poderá levar gratuitamente e por um peso máximo de cerca de 10 quilos, uma mala de mão consigo.

Verifique o website da companhia aérea onde vai viajar para obter a informação detalhada sobre este assunto.

Os voos low-cost não incluem comida nem bebida e o que é vendido a bordo é sempre muito caro. Embora não possa levar consigo bebidas de casa, pode sempre levar uma sandes para “entreter” o estômago e assim poupar alguns euros.

Se as taxas descerem após comprar o seu bilhete, peça o reembolso da diferença. Nem em todas as companhias o conseguirá mas não perde nada em tentar.

Algumas companhias aéreas têm este reembolso nos termos e condições mas não o publicitam, por isso não deixe de tentar.

No website Yapta.com poderá registar-se de modo a que caso as taxas desçam, receberá uma notificação para pedir o reembolso.

Se pretende viajar muitas vezes para o mesmo país, opte por um passe aéreo.

No sentido de promover o turismo, algumas companhias aéreas oferecem passes a a preços reduzidos para turistas.

Source: http://guia-viagens.aeiou.pt/viagens-de-aviao-low-cost/

19.01.2018

New

31 2015 mar

Melhores lugares no aviao

Melhores lugares no aviao O Musée d’Orsay, um dos museus mais fotogênicos de Paris, proibia, ninguém entende por que, fotos no seu interior. Boa notícia, o govêrno...

02 2015 abr

Voe gol passagens aereas promocionais

Voe gol passagens aereas promocionais Mais uma vez a gol está lançando tarifas especiais para você que...

21 2014 feb

Cvc agência de viagens

Cvc agência de viagens Pacotes CVC Curta a CiзaCamp e fique por dentro das melhores ofertas Somos agência credenciada CVC em São Roque. Ser agente...

Popular on-line

Qual é a diferença entre a classe turística e classe executiva?

Hoje em dia podemos encontrar bilhetes acessíveis  praticamente em qualquer companhia aérea do mundo. Por exemplo: para os estudantes ou ... Saber mais...

Telefone da companhia aerea gol

Telefone da companhia aerea golTelefone Gol Linhas Aéreas Inteligentes. Anote aqui o telefone Gol Linhas Aéreas Inteligentes para assim que ... Saber mais...

Passagens rodoviarias preços

Passagens rodoviarias preçosSe você está pensando em viajar de ônibus preparamos uma relação de preço de passagens rodoviárias exclusivo para ... Saber mais...

Testimonials

Bem-vindo ao nosso site! Aqui você pode encontrar os voos mais baratos e hotéis para sua viagem.”

equipa de desenvolvimento, Viagens Aviao

Os nossos parceiros